Santa Rita de Cássia – A Santa das causas impossíveis

Santa Rita de Cássia
Tempo de leitura: 8 minutos

Celebra-se em 22 de Maio o dia de Santa Rita de Cássia, ela foi uma monja agostiniana da Diocese de Espoleto, beatificada e canonizada pela igreja católica, está entre uma das Santas mais amadas e clamadas entre os fiéis.

Qual o Melhor Salmo da Bíblia Para Você? Nossos Especialistas Recomendam

RECEBER AJUDA DE ESPECIALISTA

 

Rita de Cássia foi uma pessoa de muita fé, que soube esperar o tempo certo para todas as coisas, utilizou da simplicidade e humildade para reconhecer que toda a vida é sagrada, independentemente se a pessoa é de sua família ou não. Por isso abriu mão de seus filhos, pelo amor ao próximo e principalmente caridade.

Confira mais sobre essa santa, e saiba como sua história emociona e toca milhares de corações.

História de Santa Rita de Cássia

Nascida na Itália, por volta do ano de 1881, filha de Antônio Mancini e Amata Ferri, em sua infância já era ensinada através de Oração, apesar de Rita possuir os pais analfabetos, isso não impediu que eles ensinassem tudo à filha sobre a fé em Jesus e Maria. Por isso, a jovem cresceu familiarizada com a vida de muitos Santos e Santas, mas principalmente acreditando fervorosamente em Jesus Cristo.

Rita de Cássia possuía o sonho de ser uma religiosa, mas seus pais como de costume de toda família na época, escolheram seu marido, chamado Paolo Ferdinando, mas que futuramente se mostraria infiel ao relacionamento e tinha problemas com o alcoolismo. Por causa desse homem, Rita sofreu por 18 anos dentro do casamento, onde teve 2 filhos. Em todo o momento sempre mostrou paciência e empatia por tudo que sofreu.

O sonho da Santa era que por fim Paolo se convertesse, e através de muita Oração o amor de Rita o transformou, e consequentemente conseguiu mudar seu casamento. Mas certo dia, embora Paolo tivesse convertido, a sua história havia deixado rastros de violência por onde passou, e um certo dia quando saiu para trabalhar, não voltou mais para casa. No dia seguinte foi encontrado morto por assassinato.

Seus dois filhos que eram jovens, não se conformavam com a morte do pai e por isso juraram vingança por quem tinha feito isso. Rita vendo toda essa situação ajudou na conversão dos filhos e pediu o auxílio de Deus, afirmando que preferia seus filhos mortos a derrubar mais sangue.

Foi assim que aconteceu, seus filhos faleceram por uma peste muito forte que chegou à cidade. E por fim Rita de Cássia ficara sozinha, mas com a certeza de que os três estavam juntos a Deus.

Santa Rita colocada em um convento

Finalmente ela poderia seguir seu sonho de vida religiosa, tentou entrar para o convento das irmãs Agostinianas, porém foi recusada porque todos possuíam dúvidas da vocação de Rita, não queriam aceitar uma mulher viúva, cujo o marido tinha sido morto e por fim enfrentou a perda dos dois filhos. Por isso, voltou para sua casa, e em uma noite ouviu um chamado: ” Rita… Rita…. venha aqui!”

Quando a Santa abriu a porta estavam São Francisco, São Nicolau e São João Batista. Eles solicitaram que ela os seguissem pela rua. E com um suave empurrão caiu em total êxtase atingida pelo Espírito Santo, quando acordou estava dentro do mosteiro com todas as freiras olhando para ela.

Rita viveu no convento por 40 anos, até sua morte.

Sofrimento por Cristo e milagres

A superiora do convento, duvidou da vocação de Rita e por isso pedia para que recolhesse as madeiras secas que estavam no jardim. Esse ato levou a um dos primeiros milagres que a Santa efetuou, depois de um ano, para a surpresa e fé de todos, os galhos recolhidos pela Santa se transformaram em uma videira enorme, que dá uvas até hoje.

Além disso Santa Rita pediu para que Jesus pudesse lhe dar como prova de amor, um pouco das dores que sentiu em sua crucificação, então um dos espinhos da Coroa de Jesus enterrou-se em sua cabeça e Rita pode perceber cada trajetória de Jesus em sua vida, a ferida ficou por 15 anos e só se curou quanto a Santa pisou em terra santa.

Morte e Canonização de Santa Rita de Cássia

No dia 22 de Maio de 1457, o sino do convento tocou sozinho e a cidade foi incendiada por um perfume de rosas. Uma freira chamada Catarina Mancini, que tinha um braço paralítico foi até Rita de Cássia e viu que ela estava em seus últimos momentos na terra, abraçou-a forte, e assim que Rita faleceu, a freira Catarina estava curada.

Foi beatificada no ano de 1627, e canonizada no ano de 1900. Considerada também padroeira do Rio Grande do Norte, no qual encontra-se a maior estátua católica do mundo, medindo 5 metros representando a figura de Santa Rita.

Simbolismo de Santa Rita de Cássia

O crucifixo

Representa a sua paixão e devoção por Jesus.

A coroa de espinhos

Mostra um dos acontecimentos e uma das suas práticas.

O estigma

O sofrimento que ela decidiu dividir com Jesus.

As rosas

As roseiras que ela plantou no convento.

O hábito

Mostra sua fé e vida religiosa.

Oração para Santa Rita de Cássia

Oração 1

“Ó poderosa e gloriosa Santa Rita chamada Santa das causas impossíveis, advogada dos casos desesperados, auxiliadora da última hora, refúgio e abrigo da dor que arrasta para o abismo do pecado e da desesperança, com toda a confiança em Vosso poder junto ao Coração Sagrado de Jesus, a Vós recorro no caso difícil e imprevisto, que dolorosamente oprime o meu coração.

(Faça seu pedido)

Obtenha a graça que desejo, pois sendo-me necessária, eu a quero.
Apresentada por Vós a minha oração, o meu pedido, por Vós que sois tão amada por Deus, certamente será atendido.
Dizei a Nosso Senhor que me valerei da graça para melhorar a minha vida e os meus costumes e para cantar na Terra e no Céu a Divina Misericórdia.
Santa Rita das causas impossíveis, intercedei por nós! Amém.”

Hino de Santa Rita de Cássia

“Na amarga vida, ó Santa Rita,

quem sabe amar, sabe sofrer,

e no silêncio que tortura,

aprende a arte de viver!

O teu semblante refletia

da tua vida o esplendor,

a luz brilhante da alegria,

de expressar Nosso Senhor!

O teu perfume tão divino

faz nosso povo, então, sonhar.

Mesmo sofrendo nesta vida,

só é feliz quem sabe amar.”

Novena de Santa Rita de Cássia

Oração Inicial

1 Pai-Nosso, 10 Ave-Marias e 1 Glória ao Pai.

Oração Primeiro Dia

“Ó admirável Santa Rita de Cássia, tu que nasceste quando teus pais já estavam avançados em idade, nutriste por eles um carinho todo especial. Ensina-nos sempre mais amar a todos os idosos que vivem em nossos lares e em nossas comunidades. Que tenhamos paciência para com eles e as condições para amá-los como imagem de Jesus a quem tanto amaste.”

Oração Segundo Dia

“Ó admirável Santa Rita de Cássia, nutriste, desde cedo, um profundo amor à oração e à solidão com Deus, ajuda-nos a descobrir nossa vocação de orantes em um mundo que esquece de orar. Que possamos rezar pelos que não sabem rezar, pelos que não podem rezar e pelos que não querem rezar.”

Oração Terceiro Dia

“Ó admirável Santa Rita de Cássia, mesmo em meio aos mais duros sofrimentos que passaste em teu matrimônio, não desanimaste e oraste incessantemente pela conversão do teu esposo. Ensina aos casais de hoje teu jeito singelo de ser fiel na alegria ou na tristeza, na saúde ou na doença, no amor, no respeito e na fidelidade.”

Oração Quarto Dia

“Ó admirável Santa Rita de Cássia, foste paciente e carinhosa para com teus dois filhos que queriam vingar a morte do pai. Ensina aos pais de hoje a ter um coração sempre aberto, preocupado e carinhoso para com seus filhos, a exemplo do pai do filho pródigo, a quem imitaste em tua vida.”

Oração Quinto Dia

“Ó admirável Santa Rita de Cássia, nutriste como ninguém um amor total à vida consagrada e religiosa. Mostra a muitos jovens de hoje o caminho para descobrir o verdadeiro amor desinteressado e total a Deus e aos irmãos. Intercede para que surjam muitas e santas vocações sacerdotais e religiosas.”

Oração Sexto Dia

“Ó admirável Santa Rita de Cássia, descobriste na fé e na penitência uma forma misteriosa de amar secretamente a Deus, a quem escolheste seguir. Ajuda-nos também a descobrir a penitência como um valor evangélico de conversão pessoal e desprendimento de todas as formas de egoísmo.”

Oração Sétimo Dia

“Ó admirável Santa Rita de Cássia, como ninguém obedeceste aos teus superiores religiosos por ver nessa obediência um valor evangélico, um amor de quem tudo entrega por um amor sempre maior. Ensina aos cristãos de nossos dias a verdadeira caridade mútua, que faz com que toda forma de obediência não seja mais que um modo de servir aos irmãos.”

Oração Oitavo Dia

“Ó admirável Santa Rita de Cássia, descobriste no amor de Jesus crucificado um caminho para amar também o sofrimento. Ensina-nos a carregar nossas cruzes quando elas surgirem, sem desanimar ou desesperar. Mostra-nos também o calor redentor de todo sofrimento aceito por amor a Jesus, que, nada mais tendo a oferecer, deu-nos Sua própria vida.”

Oração Nono Dia

“Ó admirável Santa Rita de Cássia, em virtude dos prodígios que conseguiste de Deus, foste escolhida como padroeira de todas as causas impossíveis. Ajuda-nos a sempre mais confiar no milagre maravilhoso do amor que faz o maior de todos os prodígios sobre a terra: a conversão de todos os corações para Deus.”

Santa Rita de Cássia, rogai por nós!

Vença Seus Desafios de Vida Com a Ajuda de Esotéricos Experientes

ESCOLHER UM ESOTÉRICO

Santa Rita de Cássia – A Santa das causas impossíveis
Avalie esse post!

Sou publicitária e redatora com conhecimento em SEO e copywriting, estudante de MBA em gestão estratégica de marketing. Apaixonada por livros, gatos, música, magia e tarot. Sou da Wicca ou também chamada de Bruxa Solitária. Desde pequena aprendi e me interessei por música, danças, linguagem e culturas diversas. Minha paixão está mesmo nas letras e no esoterismo, já minha realização pessoal em poder ajudar as pessoas através dos meus artigos e minha fé!

Compartilhe!
Share

Você Também Pode Gostar De: