Início Dicas de Bem-Estar Respira e não pira: 3 técnicas de respiração para ficar bem

Respira e não pira: 3 técnicas de respiração para ficar bem

0
363
técnicas de respiração

Você está respirando errado. Ficou surpresa? Nós também! Descobrimos 3 técnicas de respiração que irão melhorar, e muito, a sua vida.

Em dias tão estressantes que estamos vivendo, com isolamento social, home office e vizinhos barulhentos, precisamos parar para respirar de verdade. Dessa forma, já ouviu a famosa frase da internet “respira e não pira”? Então, estamos aqui pra te ajudar a desestressar, acabar com a ansiedade e melhorar sua capacidade pulmonar. Continue nos acompanhando para descobrir!

Técnicas de respiração para todas as necessidades

Ficou interessada em respirar melhor? Sendo assim, essas técnicas de respiração irão reduzir seu estresse, reduzir sua ansiedade e todas melhoram sua função pulmonar.

São 3 técnicas de respiração diferentes para você experimentar e adotar como prática diária. Ou seja, você vai descobrir que alguns exercícios serão mais atraentes e gostosos de praticar que outros. Por isso, indicamos que você comece por eles para a experiência ser mais agradável.

Como começar a praticar as técnicas de respiração?

Não tem segredo e não exige muito. Na verdade, trata-se de reservar alguns poucos instantes do seu dia para perceber e prestar atenção à sua respiração.

Inicialmente, você pode começar com apenas 5 minutos do seu dia. Além disso, conforme vai ganhando experiência e o exercício for ficando mais agradável e fácil, você pode aumentar o tempo.

Entretanto, se 5 minutos for muito para você, fique calma. Pode começar apenas com dois minutinhos. Ou seja, o importante não é quanto tempo você pratica uma das técnicas de respiração, e sim que você apenas pratique.

Você pode aliar essas técnicas de respiração com outra forma de terapia alternativa, a aromaterapia. Escolha um óleo essencial que lhe agrade e deixe o ambiente perfumado na hora de praticar o exercício. Dessa forma, você melhora sua condição física com duas práticas de uma vez só!

Também aconselhamos a deixar próximo a você, alguns cristais para harmonizar as energias e trazer outros benefícios para prática. Por exemplo, a Turmalina Negra é um dos melhores cristais para combater o estresse e a ansiedade.

Vamos conhecer as técnicas? Continue nos acompanhando.

Respiração de lábios franzidos

De todas as técnicas de respiração, essa você já deve ter feito sem saber. Ela é bem simples e é uma das mais praticadas no mundo.

Essa técnica serve para desacelerar a respiração, aumentando a consciência corporal. Dessa forma, você diminui a ansiedade e melhora a troca de oxigênio e dióxido de carbono.

Nossos amigos e parceiros da Astrocentro escreveram dicas para controlar o medo e a ansiedade. Ou seja, você pode aliar essas dicas com as técnicas de respiração.

Essa prática é recomendada quando estiver subindo ou descendo escadas e em meio a crise de ansiedade. Confira o passo a passo

  1. Relaxe o pescoço e os ombros;
  2. Mantendo a boca fechada, inspire lentamente pelo nariz por 2 segundos;
  3. Franzir os lábios como se fosse assobiar;
  4. Expire lentamente, soprando ar pelos lábios contraídos e contando até 4.

Pratique de 4 a 5 vezes por dia ao iniciar a prática. Dessa forma você aprende seu ritmo e melhora seu padrão respiratório.

Respiração diafragmática

Já reparou que bebês e crianças pequenas “estufam” a barriga quando estão respirando? Essa é a respiração diafragmática.

A respiração diafragmática é uma das técnicas de respiração mais utilizada quando se busca a reabilitação pulmonar e relaxamento. Veja como fazê-la.

  1. Deite-se de costas com os joelhos ligeiramente dobrados e a cabeça sobre um travesseiro;
  2. Você pode colocar um travesseiro sob os joelhos para se apoiar e ficar mais confortável;
  3. Coloque uma das mãos no peito e a outra na barriga, permitindo que você sinta o movimento do diafragma;
  4. Inspire lentamente pelo nariz, sentindo seu estômago pressionando sua mão;
  5. Mantenha a outra mão, a que está no peito, o mais imóvel possível;
  6. Expire usando a técnica dos lábios franzidos enquanto contrai os músculos do estômago, mantendo a mão superior completamente imóvel.

Com o tempo e com a prática, você pode “dificultar” o exercício. Sendo assim, pegue um livro e coloque em cima da barriga, a fim de criar uma pressão maior no diafragma.

Quando essa prática ficar mais fácil, experimente fazê-la sentado.

Respiração Consciente

Essa técnica de respiração profunda serve para aumentar a sua consciência corporal e respiratória. Ela utiliza imagens mentais ou palavras e frases de foco.

Dessa forma, você pode escolher uma palavra-chave ou imagem que a faça sorrir, se sentir relaxada ou que seja simplesmente neutra para conseguir se concentrar. Por exemplo, pensar em uma paisagem natural, a palavra paz, vida…

À medida que você desenvolve sua prática de foco na respiração, você pode começar com uma sessão de 10 minutos. Aumente gradualmente a duração até que as sessões durem pelo menos 20 minutos. Como você vai desenvolver essa técnica?

  1. Sente-se ou deite-se em um local confortável;
  2. Traga sua atenção para suas respirações sem tentar mudar a forma como você está respirando;
  3. Alterne entre respirações normais e profundas algumas vezes. Veja as diferenças entre a respiração normal e a respiração profunda. Observe como seu abdômen se expande com inspirações profundas;
  4. Observe como é a sensação de respiração superficial em comparação com a respiração profunda;
  5. Pratique sua respiração profunda por alguns minutos;
  6. Coloque uma das mãos abaixo do umbigo, mantendo-a relaxado, e observe como ele sobe a cada inspiração e diminui a cada expiração.
  7. Solte um suspiro alto a cada expiração;
  8. Comece a prática do foco na respiração combinando esta respiração profunda com imagens e uma palavra ou frase de foco que apoiará o relaxamento.
  9. Você pode imaginar que o ar que inspira traz ondas de paz e calma por todo o corpo. Diga mentalmente: “Inspirando paz e calma”;
  10. Imagine que o ar que você expira leva embora a ansiedade. Você pode dizer a si mesma: “Expirando tensão e ansiedade”.

Gostou das técnicas de respiração que ensinamos? Tem alguma outra que queira compartilhar? Escreva nos comentários aqui embaixo! Ficaremos felizes em ler a sua mensagem.

Beijos e até a próxima!