Início Dicas de Bem-Estar Como cuidar da sua criança interior e dar asas à imaginação?

Como cuidar da sua criança interior e dar asas à imaginação?

0
891
cuidar da sua criança interior

Que tal dar asas à imaginação para acolher e cuidar da sua criança interior? Afinal, durante a infância, algo pode ter acontecido que nos magoou profundamente. Mas, na época, não sabíamos como expressar, nem lidar com isso.

Logo, o tempo foi passando e muitos de nós criamos “barreiras” para servir de proteção. Porém, em algum momento, essas questões precisam ser trabalhadas, para que possamos viver plenamente.  

Nesse sentido, preparamos um artigo super especial com 3 dicas para cuidar da sua criança interior. Mas, antes disso, vamos fazer uma breve pausa para refletir sobre a magia de “aprender a aprender”, hoje e sempre.

Por que é importante cuidar da sua criança interior?

Quem quer ter uma vida plena e abundante definitivamente precisa cuidar da sua criança interior. Isso porque todas nós merecemos ser amadas, para que floresça a autoconfiança, a alegria de viver e a autoestima. Enfim, tudo de bom, tudo do bem. 

Dessa maneira, cultivamos um jardim florido que favorece a intuição, a criatividade e a imaginação. Em outras palavras, esse zelo traz mais equilíbrio e sabedoria para lidar com os obstáculos que se apresentam.  

Sendo assim, antes de falar sobre cuidar da sua criança interior, vale considerar os pontos a seguir.

Conecte-se integralmente com a sua essência

Por acaso, você já parou pra pensar sobre qual é o seu propósito de vida? E já manifestou a gratidão por tudo que recebeu até hoje, bem como pelas bênçãos que ainda vai receber? São perguntas válidas, que têm tudo a ver com a imersão no seu verdadeiro “eu”. 

Nessa perspectiva, confira um vídeo que fala justamente sobre a reconexão com a sua essência

Permita-se ser feliz em sua plenitude

Dizem por aí que ser feliz é um estado de espírito. Mesmo com tantas responsabilidades da vida adulta, é primordial tomar um tempo para cuidar de você mesma. Nesse caso, alguns exemplos são:

  • Divirta-se do jeito que você costumava fazer na infância, num parque ou em casa mesmo;
  • Compre um presente para si própria, sem precisar de uma data comemorativa para isso;
  • Pratique exercícios físicos para produzir o hormônio do bem-estar e se sentir mais relaxada;
  • Deixe o computador e o celular de lado, apostando em atividades lúdicas para passar o tempo;
  • Prepare uma comida bem gostosa, daquele tipo que traz o sabor de infância só de pensar nela;
  • Tente meditar para encontrar um ponto de equilíbrio entre tantas preocupações da fase adulta;
  • Reforce os laços com pessoas queridas ou ainda crie novos laços;
  • Acredite no seu potencial e na força do eu interior para ampliar os horizontes, sem fronteiras;
  • Viva um dia de cada vez, sem o peso do passado e dos relacionamentos infrutíferos;
  • Livre-se da positividade tóxica, a fim de acalmar o coração e a mente diante dos desafios;
  • Dê uma atenção especial para a sua saúde e os seus objetivos de curto, médio e longo prazo;
  • Permita-se ser feliz, plena, amada, reconhecida e valorizada. Para resumir, o mundo é seu e o universo conspira a favor.  

3 dicas para acolher e cuidar da sua criança interior

Para te acompanhar nessa jornada, selecionamos 3 dicas que contribuem para cuidar da sua criança interior. Fique à vontade para deixar pra trás aquilo que não agrega e que não te faz bem. Dessa forma, você poderá ser plenamente feliz e realizada.  

1. Comece uma jornada de autoconhecimento

O autoconhecimento é o primeiro passo para buscar caminhos prósperos e abundantes. Aliás, essa jornada pode ser feita de muitas maneiras, como as terapias holísticas, os jogos de tarot e mais. Por outro lado, você pode começar com um momento de introspecção.

Ou seja, tome um tempo para conversar com você mesma, literalmente. Faça um chá, coloque uma música agradável e fique de frente para o espelho nesse diálogo. Se preferir, escreva uma carta em um caderno que só você vai ler. 

Enfim, seja sincera e abra o coração, sem reservas. Expresse suas emoções. Chore de alegria ou de tristeza. Coloque pra fora o que você sempre quis verbalizar e, por qualquer motivo, ainda não conseguiu. 

A princípio, pode parecer um exercício simplista, não é? Contudo, esses são passos fundamentais para cuidar da sua criança interior. No fim das contas, é vital reconhecer aquilo que te incomoda, além de acolher as suas dores e angústias.

2. Faça a regressão de vidas passadas

Essa é uma dica para quem acredita em reencarnação. Por meio da regressão de vidas passadas, é possível se curar de diversos traumas e, assim, evoluir espiritualmente. Nessa terapia, você também amplia a compreensão sobre aspectos que te afetam negativamente.

Para tal, é importante contar com um guia espiritual ético e experiente. Então, a pessoa poderá te conduzir em busca de respostas, além de desbloquear traumas e vivências. E, como resultado, você poderá viver seu presente de maneira mais positiva.

3. Experimente o ritual de limpeza do passado

Quem quer se desprender do passado (e finalmente evoluir) pode fazer um exercício simples e funcional. Para isso, basta identificar e escrever tudo aquilo que te faz mal, para  então queimar as palavras (e as coisas) que te machucam. Isto é, você vai transmutar toda aquela angústia, lançando mão do poder do fogo.

Para o ritual, você vai precisar somente desses itens:

  • Caneta ou lápis;
  • Papel;
  • Caldeirão para colocar o papel dentro e queimá-lo. Se for o caso, você pode fazer a queima na pia ou no quintal, mas sempre com segurança, ok?   

A propósito, confira o passo a passo em um vídeo especialmente preparado pela Juliana Viveiros.

Por fim, esperamos que essas dicas sejam úteis para que você possa cuidar da sua criança interior. E, por sinal, aproveite para conferir outros conteúdos que podem te ajudar nessa jornada, tanto no Youtube, quanto no Blog da iQui. 

Rate this post

Estamos Online