Início Dicas de Bem-Estar Vingança vale a pena ou a galinha inteira?

Vingança vale a pena ou a galinha inteira?

0
435
vingança vale a pena

Olho por olho, dente por dente” é a lei de Talião e, certamente, você já ouviu essa frase. Ou seja, é um incentivo claro a vingar-se e pagar na mesma moeda. Entretanto, essa vingança vale a pena?

Não é de hoje que ouvimos histórias sangrentas de retaliação (palavra bonita para dizer “vingança”). Batalhas, emboscadas e planos mais elaborados que o do Cebolinha da Turma da Mônica fazem parte de um cenário muito antigo.

Dessa forma, podemos deduzir que a vingança é algo primitivo, que o homem carrega na alma desde que se entende por gente. Ou seja, podemos afirmar que, atualmente, somos mais evoluídos, civilizados e inteligentes que no passado. Logo, vingança não seria tão presente em nossas vidas, certo?

Infelizmente, completamente errado! De acordo com vários estudos psicológicos desenvolvidos ao longo dos anos, a vingança está mais que presente. Em alguns casos pode até mesmo ser uma meta!

E você, acha que vingança vale a pena?

Será que vingança vale a pena mesmo?

Primeiramente, antes de discutirmos se vale ou não investir em uma vingança, você já se perguntou qual a definição de vingança?

Segundo o dicionário virtual Michaelis a palavra vingar significa:

Obter desforra de (uma ofensa real ou presumida), causando ao ofensor dano semelhante; castigar, desafrontar, desforrar, punir.

Já a palavra vingança tem o seguinte em seu significado:

“Ato lesivo praticado em nome próprio ou alheio, contra uma pessoa, para vingar-se de dano ou ofensa por ela causada; desforço, desforra, represália, revanche, vendeta, vindita; Qualquer castigo ou punição.”

Só de ler já dá arrepios, não é mesmo? No entanto, a maioria das pessoas já foi tomada por esse sentimento de retaliação. Inclusive, algumas até planejaram em como se vingar.

A vingança nunca é plena, mata a alma e a envenena

Como já dizia o Sr. Madruga – personagem da icônica série mexicana, Chaves – “a vingança nunca é plena, mata a alma e a envenena”. Ou seja, vingança vale a pena só em filmes e literatura. Na vida real é bem diferente.

Além disso, a vingança realmente age como um veneno que vai nos corroendo e, quanto mais nos vingamos, mais queremos continuar isso. Você sabe por que?

Inicialmente, até podemos nos sentir relativamente bem em ter conseguido a vingança. Entretanto, com o passar do tempo, essa sensação boa some e dá lugar a algo bem ruim.

Nosso cérebro meio que fala “hey, isso não é o suficiente. Quero mais!” e logo você se vê enredada em outra trama de vingança. Só que dessa vez, a sensação de agonia e de “injustiça” parece maior.

Ou seja, a vingança é um ciclo sem fim de dor, prazer momentâneo e vazio. E o pior, você mesma se colocou nisso!

Agora, pense: vingança vale a pena?

Nem a pena e nem a galinha: vingança não vale seu esforço

Essa coisa de olho por olho só vai acabar com todo mundo cego, disse uma vez Gandhi (não foi bem com essas palavras, mas esse era o sentido). Dessa forma, você vai criar e alimentar um grande monstro que vai arrastar você para o fundo do poço.

Vamos ver umas dicas e pensar se vingança vale a pena mesmo?

Seu tempo é precioso, não jogue fora

Você está perdendo um tempo valioso se estiver achando que vingança vale a pena. Além disso, a vida é muito curta para ficar elaborando planos para ver a ruína do próximo.

Pense em todas as coisas boas e divertidas que você poderia estar fazendo no lugar de acumular energias negativas. Se mesmo assim isso não te convencer, pense em como você pode abrir caminhos para experiências boas, positivas e novas se está preocupada em causar estragos?

Quando estiver com esses pensamentos ruins na cabeça, faça uma limpeza energética em sua casa. 

Dois erros não fazem um acerto

Não há desculpas. A sua vingança não vai anular o mal que fizeram a você. Portanto, faça a coisa certa e seja uma pessoa melhor.

A longo prazo, isso lhe trará felicidade e muitos benefícios. Se mesmo assim ainda sentir desejo de vingança, faça uma meditação ho’oponopono para o perdão e prosperidade, como nossos amigos da Astrocentro 

A melhor vingança é não fazer vingança

Vingança vale a pena? Não. Deixe que o universo cuide disso no seu lugar. Ele é infinitamente mais sábio e tem paciência.

Ou seja, já ouviu falar na lei do retorno? Tudo que vai, volta? Pois então, deixe que o universo se vingue por você. E, enquanto isso, procure meditar para ter uma vida mais tranquila e focar só no que é importante.

Ciclo sem fim

Ok, você acha que vingança vale a pena, foi lá e se vingou. Então, a outra parte se vinga da sua vingança e, por sua vez, você se vinga de novo… 

Você se vingou por que foi injustiçado ou foi injustiçado por que se vingou? Aprenda, com nossos amigos da Astrocentro a quebrar esse círculo vicioso em sua vida.

Ao contrário do que você pensa, não vai fazer você se sentir melhor

Se você busca vingança em vez de perdoar, pode ser que a longo prazo você se sinta mal e até triste. Ou seja, canalize seus pensamentos e energias para algo frutífero.

Atrai energias negativas

Quando seus desejos e pensamentos estão focados em fazer o mal através de uma vingança, você atrai o mesmo para você. Dessa forma, você não só prejudica o outro como também prejudica a si mesma.

Agora, pense: vingança vale a pena?

Pode atrair doenças

Não só problemas psicológicos como problemas físicos. Ou seja, quanto mais você foca na vingança, mais vai enfraquecendo seu corpo. Dessa forma, ele fica vulnerável e, logo em seguida, doente.

Já fui do time “V de Vingança”. E agora?

Agora é lidar com as consequências e fazer a redução de danos. Está se sentindo mal por ter se vingado? Que tal fazer um exercício de limpeza do passado, como ensinou a nossa querida Juliana Viveiros. Acompanhe o vídeo.

Além disso, pode procurar equilibrar os chakras, fazer uma defumação ou até mesmo um banho de ervas para libertar esses sentimentos ruins.

E aí, ainda acha que vingança vale a pena? Conte para nós se já se vingou e como está se sentindo!

Grande beijo e até a próxima!