São José – O Padroeiro dos Trabalhadores e das Famílias

0
3874
Santo José

São José de Nazaré, é o pai adotivo de Jesus Cristo, esposo de Maria. Muito amado por diversos fiéis, ele mostrou em vida toda a sua devoção à vontade divina, mesmo em uma época em que ninguém aceitaria se casar com uma mulher gestante, ele compreendeu a vontade do Senhor e atendeu ao desejo do Pai.

Abra seus Caminhos AQUI com a Orientação dos Melhores Especialistas em Salmos

 

São José era operário, carpinteiro e por isso é também conhecido como o Padroeiro dos Trabalhados, seu amor por Cristo e por Maria era maior do que todas as fases difíceis da vida que ele sabia que enfrentaria, por isso ele também foi intitulado de Padroeiro da Família.

O dia de São José é comemorado em 19 de março, e sua morte é um mistério rodeada de muitas histórias.

A História de São José

Descendente de Davi, José tem seu nome citado na Bíblia a partir da chegada do menino Jesus, onde sua história toma um caminho diferente, abençoado pela luz de Deus. A ele foi dado um importante papel, acreditar na inocência de sua prometida esposa, Maria, mesmo grávida ela era pura, foi a escolhida para carregar em seu ventre o Filho de Deus e também proteger esta família e dedicar sua vida a eles.

Por isso quando noivos, ao descobrir que Maria estava grávida, José pensou em abandoná-la de forma que não pudesse ser apedrejada, pois se ela fosse devolvida grávida a família seria essa sua punição. Mas, um anjo do Senhor veio ao sonho de José e o avisou dos planos do Altíssimo.

A partir de então, José dedicou sua vida a sua família e seguia o seu caminho de acordo com os mandatos de Deus. Com a sua profissão de carpinteiro ele sustentou a família com dignidade e criou o menino Jesus da melhor forma possível, sempre demonstrando seu amor de pai de forma piedosa e presente.

Sua morte ainda é vista de forma misteriosa, mas acredita-se que ele já estava morto quando Jesus chegou aos 30 anos pois ele não acompanhou Maria nos momentos finais de Cristo.  A narrativa apócrifa História de José, o Carpinteiro, traz o seguinte trecho sobre o falecimento do Santo São José:

“Nenhum dos que rodeavam José havia percebido a sua morte, nem sequer minha mãe Maria. Eu confiei a alma do meu querido pai José a Miguel e a Gabriel, para que a guardassem contra os raptores que saqueiam pelo caminho e encarreguei os espíritos incorpóreos de continuarem cantando canções até que, finalmente, depositaram-no junto a meu Pai no céu.” – História de José, o Carpinteiro.

José provavelmente faleceu com 111 anos, em segurança, ao lado da sua família sagrada e exerceu sua função de carpinteiro até a velhice não permiti-lo mais.

Oração de São José

“A vós São José,
recorremos na nossa tribulação,
e depois de ter implorado
o auxílio da vossa Santíssima Esposa,
cheios de confiança,
solicitamos o vosso patrocínio.

Por esse laço sagrado de caridade
que vos uniu à Virgem Imaculada Mãe de Deus,
e pelo amor paternal que tivestes
para com o Menino Jesus,
ardentemente suplicamos
que lanceis um olhar benigno
à herança que Jesus Cristo
conquistou como o seu sangue,
e nos assistais,
nas nossas necessidades,
com o vosso auxílio e poder.

Protegei,
ó guarda providente da Divina Família,
a raça escolhida de Jesus Cristo;
afastai para longe de nós,
ó Pai amantíssimo,
a peste do erro e do vício;
assisti-nos do alto do céu,
ó nosso fortíssimo sustentáculo,
na luta contra o poder das trevas;
e, assim com outrora salvastes da morte a vida ameaçada do Menino-Jesus,
assim também defendei agora
a Santa Igreja de Deus
contra as ciladas dos seus inimigos e contra toda a adversidade.

Amparai a cada um de nós,
com vosso constante patrocínio,
a fim de que o vosso exemplo
e sustentados com o vosso auxílio,
possamos viver virtuosamente,
piedosamente morrer,
e obter no Céu a eterna bem-aventurança.

Amém!”

Novena de São José

Oração Inicial para todos os dias

“Rogai por nós São José, pai nutrício de Jesus,

Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Oremos. Deus, que por inefável providência Vos dignastes escolher o bem aventurado São José para esposo de Vossa Mãe santíssima, concedei-nos que aquele mesmo que na terra veneramos como protetor, mereçamos tê-lo no céu por nosso intercessor.

Vós que viveis e reinais por todos os séculos dos séculos. Amém.”

Oração final para todos os dias

“Glorioso São José que fostes exaltado pelo Pai eterno, obedecido pelo verbo encarnado, favorecido pelo Espírito Santo e amado pela Virgem Maria, louvo e bendigo a Santíssima Trindade pelos privilégios e méritos com que vos enriqueceu.

Sois poderosíssimo e jamais se ouviu dizer tenha alguém recorrido a Vós e fosse por vós desamparado. Sois o consolador dos aflitos, o amparo dos míseros e o advogado dos pecadores. Acolhei pois, com bondade paternal a quem vos invoca com filial confiança e alcançai-me as graças que peço nesta novena… Eu vos escolho por meu especial protetor. Sede, depois de Jesus e Maria, minha consolação nesta terra, meu refúgio nas desgraças, meu guia nas incertezas, meu conforto nas tribulações, meu pai solícito em todas as necessidades. Obtende-me, finalmente, como coroa dos vossos favores, uma boa e santa morte na graça de Nosso Senhor. Assim seja.” (Faça o pedido da graça que deseja alcançar).

Ao final reze sete Pai Nosso, sete Ave Maria e sete Glórias ao Pai.

Primeiro Dia

“Amabilíssimo São José, que tivestes a honra de alimentar, educar e abraçar o Messias, a quem tantos profetas e Reis desejaram ver e não viram: obtende-me, com o perdão de minhas culpas, a graça da oração humilde e confiante que tudo alcança de Deus. Acolhei com bondade paternal os pedidos que vos faço nesta novena… e apresentai-os a Jesus que se dignou de obedecer-vos na terra. Amém.”

Segundo Dia

“São José, castíssimo esposo da mãe de Deus, guarda fiel da sua virgindade, obtende-me por Maria a pureza do corpo e da alma e a vitória em todas as tentações e dificuldades. Recomendo-vos também os esposos cristãos, para que, unidos com sincero amor e fortalecidos pela graça, se amparem mutuamente nos sofrimentos e tribulações da vida. Amém.

Rogai por nós, São José, esposo da mãe de Deus,

Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.”

Terceiro Dia

“Glorioso São José, que gozastes durante tantos anos da presença e filial afeição de Jesus, a quem tivestes a dita de alimentar e vesti, juntamente com vossa esposa santíssima, eu vos suplico me alcanceis o dom inefável de sempre viver unido com Deus pela graça santificante. Obtende também para os pais cristãos a graça do fiel cumprimento de seus graves deveres de educadores e, aos filhos, o respeito e a obediência, segundo o exemplo do menino Jesus. Amém.

Rogai por nós, São José, chefe da sagrada família,

Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.”

Quarto Dia

“Fidelíssimo São José, que nos destes exemplos no fiel cumprimento de vossos deveres de protetor da Santíssima Virgem e de Pai nutrício do Redentor, rogo-vos me obtende a graça de imitar o vosso exemplo na fidelidade a todos os deveres do meu estado de vida. Ajudai-me a ser fiel nas coisas pequenas, para o ser também nas grandes. Alcançai esta mesma graça para todos que me são caros nesta vida, a fim de chegarmos a gozar no céu o prêmio prometido aos que forem fiéis até a morte. Amém.

Rogai por nós São José, exemplo de fidelidade,

Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.”

Quinto Dia

“Bondoso São José, que suportastes com heroica paciência as provações e adversidades na viagem a Belém, na fuga para o Egito e durante a vida oculta em Nazaré e me destes o exemplo de admirável conformidade com a vontade de Deus, obtende-me a virtude da paciência nas dificuldades de cada dia. Alcançai também invencível paciência nas dificuldades de cada dia. Alcançai também invencível paciência a todos que suportam pesadas cruzes, a fim de que se unam sempre mais a Jesus, divino modelo de mansidão e paciência. Amém.

Rogai por nós, São José, espelho de paciência,

Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.”

Sexto Dia

“Humilde São José, que vivendo em pobreza, dignificastes a vossa profissão pelo trabalho constante e vos sentistes feliz em servir a Jesus e Maria com o fruto dos vossos suores: alcançai-me amor ao trabalho que me foi imposto como dever de estado, procurando cumprir nisto sempre a vontade de Deus. Protegei os lares dos operários do Brasil contra as influências nefastas dos inimigos de Cristo e da Santa Igreja. Obtende-lhes a graça de santificarem o seu trabalho pela reta intenção, em tudo conformados com os desígnios da Divina Providência. Amém.

Rogai por nós, São José, modelo dos operários,

Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.”

Sétimo Dia

“Glorioso Patriarca São José, protetor e padroeiro da Igreja universal, obtende-me a graça de amar a Igreja como Mãe e de a honrar como verdadeiro discípulo de Cristo. Rogo-vos que veleis sobre o seu Corpo Místico, como outrora velastes sobre Jesus e Maria. Protegei o Santo Padre e os bispos, os sacerdotes e os religiosos. Alcançai-lhes santidade de vida e eficácia no apostolado. Guardai a inocência da infância, a castidade da juventude, a honestidade do lar, a ordem e paz da sociedade. Amém.

Rogai por nós, São José, protetor da Igreja,

Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.”

Oitavo Dia

“Compassivo São José, esperança dos doentes e necessitados: valei-me em todas as enfermidades e tribulações, alcançando-me plena conformidade com os admiráveis desígnios de Deus. Obtende-me também para mim e para todos, pelo quais rezo, nesta novena, a cura das enfermidades, fraquezas, faltas e pecados e protegei-nos contra as tentações do inimigo de nossa salvação. Amém.

Rogai por nós, São José, esperança dos enfermos,

Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.”

Nono Dia

“Ditoso São José, morrendo nos braços de Jesus e Maria, partistes deste mundo ornado de virtudes e enriquecido de méritos, assisti-me a hora suprema e decisiva de minha vida contra os ataques do poder infernal. Obtende-me a graça de morrer confortado com os santos sacramentos necessários para a minha salvação. Tende compaixão de todos os agonizantes, alcançando-lhes a graça da salvação por intermédio de Maria, vossa Esposa santíssima. Amém.

Rogai por nós, São José, padroeiro dos moribundos,

Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.”

A imagem de São José de um homem simples, fiel e temente a Deus, que amou e protegeu o seu filho Jesus e a sua esposa Maria, dedicando toda a sua vida ao bem de sua família. Por essa sua dedicação a quem busca seu amor e proteção, vários milagres em seu nome já foram comprovados no Vaticano o que o torna um dos Santos mais importantes do catolicismo.

Vença Seus Desafios de Vida Com a Ajuda de Esotéricos Experientes

Avalie esse post!