Início Astrologia Posso fazer o mapa astral do meu animal de estimação? – saiba...

Posso fazer o mapa astral do meu animal de estimação? – saiba tudo sobre o mapa astral canino!

0
596
mapa astral canino

Mapa astral canino, já ouviu falar sobre isso? Acredite, é muito procurado e faz a diferença na vida dos nossos bichinhos quando o assunto é entender mais sobre suas personalidades. Se você tem vontade de conhecer mais sobre esse assunto, vamos lá. 

Para fazer o mapa astral de uma pessoa, precisamos saber a hora e o local de nascimento dela. Assim como os seres humanos, qualquer animal tem um momento de nascimento específico e, a partir dele, podemos calcular o posicionamento dos astros no momento do nascimento do seu pet.

É verdade que o animal de estimação acaba tendo o seu comportamento influenciado e moldado pelo dono e pelo ambiente em que se encontra, mas qualquer “pai de pet” sabe que o seu filho tem uma personalidade própria.

Através do mapa astral, conseguimos captar a essência do pet e também diferenciar o que foi adaptado pelo seu dono.

Eu não sei o horário de nascimento, e agora?

Infelizmente, nem sempre é fácil ter acesso ao momento exato de nascimento de um animal, exceto aqueles que têm pedigree e, por isso, tiveram seu nascimento assistido e documentado. Apesar disso, quando o pet foi adotado ainda quando filhote, torna-se possível calcular o seu tempo aproximado de vida e, dessa forma, deduzimos pelo menos o seu signo solar, que é um dos principais traços perceptíveis da personalidade dos bichinhos. 

Além do posicionamento do Sol no mapa natal, a Lua também é muito importante para a interpretação do temperamento do animal. Esse astro é o regente das emoções e, no caso dos pets, diz sobre o lado mais instintivo deles.

Como a Lua se movimenta de forma muito rápida e passa cerca de dois dias e meio em cada signo, é praticamente impossível saber qual é o signo lunar do seu pet sem saber o horário exato do seu nascimento. 

Benefícios do mapa astral canino

Apesar de o signo solar ser muito distante da totalidade de um mapa astral, ele permite não só a compreensão maior dos comportamentos animal, mas também possibilita traçar uma relação com o mapa natal do seu dono. Isso ajuda, especialmente, os donos que têm muita dificuldade para adestrar seu pet, o que muitas vezes dificulta a adaptação dele no novo ambiente e com outros animais e pessoas.

Além de ajudar a entender a dinâmica da relação entre o bichinho e seu tutor, também podemos entender porque o animal escolhe justamente aquela pessoa para ser o seu dono, em se tratando de casas que são habitadas por vários indivíduos.

O animal de cada signo

O temperamento do animal (e também o do humano) é um reflexo do seu signo solar, porque esse diz respeito à energia vital de cada ser. Nesse sentido:

  • os bichinhos arianos serão mais agitados e briguentos;
  • os taurinos mais preguiçosos e comilões;
  • os geminianos têm um humor instável e podem ser do tipo que ataca sem aviso prévio;
  • canceriano é muito apegado ao dono e tende a ser aquele tipo de animal que cobra carinho constantemente;
  • os pet’s nativos de leão, por sua vez, precisam de mais atenção e podem ser dramáticos, fazendo bagunça em casa quando o dono o deixa sozinho, por exemplo;
  • os virginianos são o tipo de bichinho que não gosta de sair da rotina, como se fossem um velhinho rabugento. Para eles, qualquer tipo de mudança é vista como um perigo e, por isso, tendem a mudar todos os seus hábitos (tendo dificuldade de comer, dormir e brincar) quando são submetidos a algum ambiente novo ou pessoas desconhecidas adentrando o seu espaço pessoal.
  • os bichinhos librianos são mais carentes e tendem a ser a “sombra” do seu dono. Uma boa dica para que eles sejam mais felizes (e, consequentemente, deem menos trabalho para o tutor) é adotar outros animais de estimação, que serão uma ótima companhia;
  • o pet nativo de escorpião é aquele que é mais reservado e não costuma se simpatizar com facilidade, mas fica no seu canto, onde se sente confortável e pode observar tudo à sua volta;
  • os sagitarianos são mais alegres e têm muita energia para gastar, por isso podem sempre se meter em uma nova aventura (que costuma ser problemática para os donos). Passear com esses pet’s pelo menos uma vez ao dia ajuda a conter seus impulsos.
  • os capricornianos são mais sérios e disciplinados, sendo mais fácil treiná-los.
  • os animais nativos de aquário, por sua vez, tendem a ser mais arteiros e a ter hábitos atípicos;
  • os piscianos são mais sensíveis e carinhosos, além de um pouco preguiçosos.

Mapa astral canino e a minha personalidade

Além de interpretar o mapa astral do seu pet, você consegue analisar sua relação com ele através da análise da casa seis do seu próprio mapa natal. Essa casa aborda diversos assuntos, como a rotina, a saúde e o trabalho, mas também diz sobre a relação com nossos melhores amigos do mundo animal.

A depender do signo que corta a cúspide dessa casa e dos planetas que estão presentes nela, é possível compreender a natureza da sua relação com os bichinhos de estimação e se a ligação com eles é profunda ou mais superficial. 

Como a casa seis fala da nossa rotina, consequentemente ela também possibilita a análise dos nossos hábitos e manias. Isso é muito interessante quando consideramos que, de acordo com o senso comum, o animal reflete a personalidade do seu dono. Como a relação dos dois também é um assunto regido por essa casa, conseguimos compreender porque as manias dos nossos pet’s podem se tornar muito parecida com as nossas.

Além disso, essa casa também abrange a saúde e isso também explica o porquê de os bichinhos ficarem doentes ao mesmo tempo que seus tutores ou terem um “sexto sentido” para saber quando os donos estão passando mal ou estão tristes (afinal, bem estar psicológico também é um importante fator para a manutenção da saúde).

Gostou? Então agora você pode conferir um artigo falando sobre as orações poderosas para seu animal de estimação, bem aqui no blog da iQuilibrio.

 

Quer fazer seu mapa astral? Clique aqui!