Conheça mais sobre o Neoxamanismo

neoxamanismo

O Xamanismo é muito conhecido, mas você já se perguntou o que pode ser o Neoxamanismo?

Esse nome é dado por uma série de conceitos e movimentos que juntos formam novos valores espirituais e uma cultura de transformação. Ele possui como objetivo conectar novamente o homem à natureza, e buscar a cura pelo contato com ancestrais e outras filosofias com foco em tudo que é natural.

A Espiritualidade te Ajudará a Superar Desafios e Alcançar seus Objetivos. Clique Aqui e Comece Agora seu Atendimento

 

O que é Neoxamanismo?

O Neoxamanismo é uma prática que se baseia no conhecimento propagado pelo povo ancestral, mas que o incorpora aos conceitos e culturas atuais. Esta filosofia

utiliza as forças naturais adaptando-as para o encontro da cura, proteção e expansão espiritual. Portanto, o Neoxamanismo possui uma linguagem mais jovial e atual, mas sempre se apoiando nas raízes tradicionais xamânicas.

O Xamanismo tem como principal vertente acreditar que possuímos uma forte ligação com a natureza, tudo faz parte dela, como se fossemos todos integrantes da essência do mesmo universo, onde estamos ligados a ele. Portanto através de práticas meditativas e rituais, temos a oportunidade de adquirir habilidades, que vão nos conectar novamente com as forças primitivas.

Além de recuperar essas tradições, o Neoxamanismo combina e traz em seu culto elementos bem distintos, porque se apoia em diversas filosofias e religiões, como: budismo, cristianismo, andinas, e outras.

História do Neoxamanismo

O Neoxamanismo nasceu de conceitos e estudos de Carlos Castaneda e Michael Harner, dois antropológicos que transformaram suas consciências através das práticas realizadas pelos índios da Amazônia colombiana. E foi assim, que deram forma à essa realidade contemporânea, que resgata as crenças xamânicas de forma diferente e única.

O que define o Neoxamanismo

  • é orientado pelas cinco leis do Xamanismo;
  • utiliza o som do tambor para abrir as portas da consciência;
  • não é uma religião, mas sim uma prática filosófica com conceitos éticos;
  • não-aceitação de gurus;
  • pode ser ensinado, desenvolvido através de cursos, workshops e rituais;
  • possui total respeito ao universo xamânico: animal de poder, espíritos da natureza, guias, etc;
  • se apoia na antropologia e na psicologia.

A diferença entre o Xamanismo e o Neoxamanismo

O Xamanismo segue e apoia-se nas tradições nativas, diferente do Neoxamanismo que se adapta com as práticas em diversas linhas, contando com nossa realidade urbana. O Neoxamanismo faz junção de vários termos, e une o movimento xamânico para uma consciência avançada e única. Fazendo assim uma conexão dos conhecimentos de diversos povos, mas sem cair na banalização.

Vemos essa mistura também em muitos xamãs, que inclusive rezam para Jesus Cristo, aceitando ele como um ser iluminado, ou também doutrinas que abordam um Xamanismo cristão. Assim como existe uma centelha de Xamanismo espalhado pelas religiões, o Neoxamanismo abre uma oportunidade para que as religiões entreguem uma centelha de sabedoria para sua filosofia. Portanto é um grande desafio separar os dois termos, já que o Neoxamanismo cria laços com todas as outras práticas religiosas atuais.

Através do Neoxamanismo há o convite à conexão universalmente com diversas energias tanto dos ancestrais quanto a a de todos seres no geral. Para que assim possa-se encontrar através de todas as histórias e do tempo a resposta para todos os males, pois as vibrações são como uma teia que se interligam entre si, e é por isso que temos a consciência universal.

O Neoxamanismo, convoca também a perceber como ninguém vence sozinho. Todos possuem a necessidade de se conectar com outras culturas, religiões, ceitas e filosofias para se encontrarem realmente em harmonia.

Fale AGORA com um Esotérico Online e Comece a Direcionar Melhor a sua Vida

Avalie esse post!