Início Espiritualidade Mãe e filho – Uma relação kármica

Mãe e filho – Uma relação kármica

0
13554
mães e filhos

Ser mãe de alguém e dedicar a sua existência ao bem-estar dessa pessoa é viver um período mágico e iluminado na vida de todas que passam por essa experiência. Porém, mãe e filho é muito mais do que um laço emocional estabelecido entre essas pessoas, essa relação representa mais um passo a caminho do conhecimento, situação nomeada como karma (ou carma) quando falamos de crescimento espiritual.

A Espiritualidade te Ajudará a Superar Desafios e Alcançar seus Objetivos. Clique Aqui e Comece Agora seu Atendimento

 

Portanto o amor de mãe para filho e o amor de filho para mãe, é na verdade um ensinamento kármico, algo estabelecido em vidas passadas e que necessitou desse momento para prosseguir seu caminho e concluir a missão.

Mais do que amor, são laços cármicos

Alguma vez você já deve ter pensado: por que nasci nessa família? Ou por que esse é meu filho, ou  minha mamãe? E mesmo que haja brigas e desentendimentos há sempre algo que une de uma forma inexplicável essa relação.

Por mais que busquemos ou caminhemos à procura de sabedoria e conhecimento, a base de toda construção é sempre o lar e a mãe possui um papel fundamental nesse posicionamento. Os primeiros conceitos saem de nosso lar e o encontro desde o princípio dessa existência no ventre da mãe estabelece já as primeiras impressões de vida e mundo.

Tudo segue um fluxo predestinado e o Universo corre em uma energia onde as coisas devem ser daquelas maneiras. Temos o livre-arbítrio e por isso decidimos antes de existir a missão que carregaremos nessa vida. E essa decisão traz uma corrente, um elo com as pessoas que aqui conheceremos, pois estivemos em dívida com elas em algum momento do nosso existir. Nesse momento não recordamos disso, mas nosso espírito reconhece cada passo que será dado, pois a aparência a recordar não é física, e sim espiritual.

Portanto o carma tem significado de uma nova chance de aprender, de concluir e de buscar algo que ficou devido em outras vidas. Esse amor ou até mesmo a falta dele em alguns relacionamentos de mães e filhos, nada mais são do que reflexos do que se foi presenciado em tempos atrás, em outras encarnações.

Você tem o costume de sonhar com gravidez? Veja o que isso pode indicar em nossos significados do sonho!

A formação no ventre materno

Mesmo que seja desconhecido por muitos, cada traço que recebemos em nossa formação no ventre da mãe, são características escolhidas por nós mesmos antes da reencarnação.

A mãe e filho estão ligados não somente pelo cordão umbilical, mas também pelo laço etéreo, que são correntes energéticas invisíveis aos olhos. Esse ponto sempre estará presente, mesmo após a separação dos corpos, isso explica porque as mães principalmente sempre sentem como estão seus filhos emocionalmente, mesmo que estejam longe ou que nada tenha sido dito.

Quando essas pessoas já se encontraram em outras existências, esse cordão se torna mais forte, o vínculo entre ambos é mais puro e se destaca com maior facilidade. É um sentimento e uma relação de outras vidas.

Sendo assim, forma-se uma existência de certa dependência, que nada mais é do que uma dívida entre ambos de conclusão de algo que ficou em seus mais profundos sonhos em outras vidas.

Mães por escolha

A situação com as mamães que adotam uma criança não é diferente. A adoção é um chamado do espírito para encontrar alguém que foi muito importante em outras vidas para a sua construção. Há aqui a necessidade de reencontro e de busca de complemento de uma missão única, que depende inteiramente da presença do outro para ser concluída.

Ao sonhar com filha ou filho, é ter essa necessidade do encontro de alguém que também o procura em outro plano. Mesmo que a relação entre mãe e filhos não seja agradável, ela é algo necessário para que o espírito de todos aprenda que amar é algo muito mais complexo do que expressa a palavra, é encontrar na imperfeição dos outros o real motivo do seu existir.

Desta forma, seja você mãe ou filho, agradeça por quem você tem e teve em sua vida, saiba que ela faz parte de um grande fluxo e de um ensinamento muito maior do que podemos compreender nesse existir.

A melhor maneira de ter uma boa passagem é compreender seu karma e buscar nessa vida a melhor maneira de cumprir o papel ao qual você escolheu desempenhar nesse mundo, ou essa missão nunca se concluirá e sua evolução espiritual ficará em uma barreira e ciclo de repetição sem fim.

Fale AGORA com um Esotérico Online e Comece a Direcionar Melhor a sua Vida

Artigo anteriorSaiba mais sobre o ascendente em Touro
Próximo artigoSaiba como fazer o Banho de Anis Estrelado
Juliana Viveiros é uma consultora espiritual, apaixonada pela jornada de cada ser de luz. A espiritualista atua com cristais, bruxaria natural, tarot, baralho cigano, astrologia, desenvolvimento espiritual, posicionamento pessoal, evolução, mudanças espirituais inovadoras e um novo estilo de vida. Juliana tem como missão, transformar vidas através da espiritualidade. Acredita e vibra sempre na sintonia do amor! Publicitária, com especialização voltada a gestão de marketing. Trabalha na iQuilibrio desenvolvendo estratégias de conteúdo relevantes, voltados ao esoterismo.