Início Espiritualidade Espiritismo Quem são os irmãos? – Entenda os Laços Familiares

Quem são os irmãos? – Entenda os Laços Familiares

laços de irmãos

Em algum momento você deve ter se questionado em seus pensamentos: “por que eu nasci nesta família?” ou “por que tenho mais afinidade com uma pessoa do que com outra?”. Além disso, existe também a relação com nossos irmãos segundo o Espiritismo, que geralmente é tudo baseado naquela famosa frase “amor e ódio”, que pode gerar tanta confusão de sentimentos quanto os laços familiares. Mas para tudo isso há uma resposta, muitas vezes baseada na Lei da Reencarnação ou no laços de família livro, em karma e evolução, que refletem fortemente na convivência dentro da casa.

A Espiritualidade te Ajudará a Superar Desafios e Alcançar seus Objetivos. Clique Aqui e Comece Agora seu Atendimento

 

Ao pensarmos em todas essas questões e nos motivos pelos quais elas existem, é difícil encontrar uma resposta, principalmente quando os laços de família acontecem entre irmãos (Espiritismo), e assim fica ainda mais difícil de compreender o motivo de existir uma relação com tantas complicações ou de tanto amor.

Por que existem os laços familiares no Espiritismo ?

Entendemos que existe um planejamento feito no Mundo Espiritual, isto é, uma estratégia que visa afirmar as necessidades de evolução, aprimoramento e aprendizado em especial de cada espírito. Todas as experiências terrestres dependem anteriormente de “instruções”.

Que tal se aprofundar mais no Espiritismo através do nosso blog? Então leia também sobre a Família de Almas!

Além disso, se você está perguntando “laços familiares, o que são?” poderá verificar com precisão continuando esta leitura:

Perguntas e respostas comuns para os laços familiares segundo o Espiritismo

Os espíritos que precisam de um resgate cármico, necessariamente reencarnam juntos na mesma família ou podem se encontrar na mesma existência?

Toda a humanidade tem um processo kármico, por isso que é certo dizer que as nações de pessoas também reencarnam, elas são formadas pelos seres-humanos e assim, existem diversos espíritos que para o maior aprendizado precisam reencarnar dentro de um núcleo familiar. Mesmo não reencarnando na mesma família espiritual, isto é, sempre com a mesma família, ainda assim reencarnam em grupos diferentes de pessoas. Além disso eles podem se encontrar na mesma existência, através dos nossos amigos, vizinhos, colegas, entre outras.

Então podemos ter resgastes cármicos dentro da mesma família, para melhor aprender e evoluir juntos, pois algo ficou pendente em vidas passadas, mas sempre lembrando que anteriormente tudo já fora planejado por nós mesmos.

“Eu e meu irmão(ã) não nos damos bem, parece que é algo de outras vidas, ou questão vibracional. Talvez fomos inimigos antes, isso é possível?”

Sim, pode ser. Nós trazemos muitas afinidades e também momentos com outras pessoas que precisam ser reconciliados e evoluídos. Por isso que Jesus sempre dizia para se reconciliar com seu adversário o mais rápido que conseguir, pois esta pode ser uma das missões de sua vida.

Apesar de existir barreiras espirituais dependendo da relação, é importante sempre ter em mente a reconciliação, assim sendo: não significa que você deve concordar com as atitudes, pensamentos e jeitos do teu irmão, mas ter empatia o suficiente para compreender e amá-lo assim, do jeito que ele é. A vida nessa terra ensina que convivemos com pessoas divergentes de jeito, pensamento e atitudes, até geralmente dentro da própria casa, para que possamos aprender e ensinar também.

Você se encontra em algum problema familiar? Quer uma orientação, saber se é algo oriundo de vidas passadas? Fale com um consultor clicando aqui e descubra o que fazer!

“Eu e meu irmão nos damos muito bem, existe uma sintonia tão boa que agradeço por termos nascidos juntos. Mas os espíritos só não reencarnam juntos se tivessem algo para resgatar? “

Reencarnam aqueles espíritos que possuem compromisso juntos, que abrange tanto o resgate, missões conjuntas e até mesmo compromissos de semear amor, paz e alegria, que pode ser chamado de dharma. Não necessariamente dois espíritos vêm à Terra para fazerem resgates cármicos ou precisam se entender.

Por isso podemos concluir que a reencarnação é oportunidade de aprendizado, crescimento e evolução e muitas vezes, não necessariamente serão todas de correções.

Quais são as duas espécies de laços afetivos familiares, segundo o Espiritismo?

A primeira seria famílias por laços corporais ( criam novos laços familiares e são frágeis, se desintegram com o tempo) e o segundo é famílias por laços espirituais (duradouras e que buscam o fortalecimento de laços familiares, através das migrações).

O importante é entender que a reencarnação e os laços de família segundo o Espiritismo não é questão de punição, mas uma forma de entender nossa missão, espalhar cada vez mais palavras de luz, sabedoria e carinho. A escolha de reencarnar depende de cada espírito, mas sempre é preciso ter ciência da importância de ter novas oportunidades para cada vez mais alcançar a fé e que nas próximas encarnações não sejam uma família desunida.

Fale AGORA com um Esotérico Online e Comece a Direcionar Melhor a sua Vida