Início Dicas de Bem-Estar Amor Porque sou assim? – Orgulho e a batalha por respeito e compreensão

Porque sou assim? – Orgulho e a batalha por respeito e compreensão

0
1279
Porque eu sou assim?
Porque eu sou assim?

Porque eu sou assim? 

Índice do Conteúdo

Tanta gente vive por aí aflita e se perguntando “porque eu sou assim?” por causa de seus sentimentos e sexualidade. Essa confusão e recusa da autoaceitação trazem tantos prejuízos e danos à saúde mental, e esses danos vão ecoando por toda a vida, caso não sejam tratados.

Por isso, neste post para o dia do orgulho gay, o foco será a autoaceitação. Infelizmente vivemos numa sociedade que ainda precisa aprender muito sobre os diferentes tipos de amor e relações, logo, você precisa ser o primeiro a se amar, aceitar e respeitar, caso contrário, ninguém fará isso por você.

Podemos até receber apoio de familiares, mas se você não está bem dentro do seu coração, não conseguirá sentir-se amado.

Os dilemas da pessoa LGBTQIA+ – “Porque eu sou assim?”

Certa vez ouvi uma psicóloga dizendo:

“meus pacientes gays tem sempre as mesmas características. São sempre tímidos, calados, inseguros, e isso é uma condição que foi imposta a eles”

Ela explicava que geralmente tem um padrão de comportamento, isso porque existe um tipo de síndrome que faz com que eles sejam tidos como “bons meninos” desde cedo.

Ou seja, pessoas homossexuais precisam quase sempre ter um bom histórico de notas escolares, geralmente é quem mais ajuda em casa, é o mais diferente dos irmãos ou primos, enfim, é um exemplo de pessoa desde cedo. Mas segundo a psicóloga isso ocorre porque a criança já tem noção da realidade em que vive, e na maioria das vezes já sabe que não será aceita por seu grupo social, e sofrerá preconceito desde a escola até dentro de casa.

Automaticamente, essa criança passa a manipular mecanismos para se esconder atrás de tudo que ela puder, para que se pareça o mais normal possível, aos olhos de quem não enxerga dessa forma. É preciso construir um personagem para mostrar ao mundo, e é isso que vai minando a saúde mental dessa pessoa desde a infância. 

Você não é menos que ninguém! ❤

Ninguém passa a entender sua sexualidade e já sai se assumindo de uma vez, o que poderia acontecer com muito mais tranquilidade se os pais fossem compreensivos ou ainda, buscassem respeitar. Assim, de casa viria o principal apoio. Isso ocorre porque a sociedade exerce muita influência e pressão na esfera de escolhas pessoais do indivíduo, e isso determina como você será visto, tratado e respeitado nos seus meios de convívio. 

Os casos podem ser muito particulares a depender da situação, por exemplo, uma pessoa transexual, vive sob muita pressão, ainda mais quando levamos em consideração que o Brasil é o país que mais mata pessoas trans no mundo

Autoaceitação LGBTQIA+

Sendo assim, a pessoa LGBTQIA+ vai ter que trilhar um caminho muito longo de autoaceitação, que por vezes será dolorido e arriscado por causa da lógica heteronormativa que impera sobre a mente dessa pessoa, lógica que os faz acreditar, que são inferiores, ou que nasceram com “defeito”, é isso que a faz se questionar por muitas vezes “porque eu sou assim?” ou até mesmo “quem sou eu de verdade?

A crise de identidade experimentada nessas situações são severas, pois a pessoa vive dividida em dois mundo, duas formas de pensar, duas vontades que lutam entre si dentro do peito.

Você se identifica com alguma dessas características citadas? Se sim, saiba que o mais recomendado é que você procure um profissional para que possa se libertar desses pensamentos ruins a respeito de você mesmo. 

A vida é linda e você pode experimentar viver o seu melhor. Clique aqui para um direcionamento 

Porque eu sou assim? – A luta é contínua!

Ser uma pessoa que se enquadra dentro da comunidade LGBTQIA + no Brasil, não é nada fácil, pois a nossa sociedade ainda é regida por padrões de pensamentos muito ligados aos costumes religiosos e à uma cultura patriarcal que existe por aqui desde sempre. 

Isso interfere diretamente na vida dessas pessoas, pois esses padrões ideológicos impedem que tenham um bom desenvolvimento de sua identidade, crescem com medo de se conhecerem, de serem “descobertos”,  e sem poder explorar muito os aspectos de sua vida particular vão vivendo de engano em engano sem saber qual caminho realmente seguir.

Logo, essas características de formação do indivíduo o fazem ser inseguro e pouco posicionado na hora de cobrar respeito e igualdade.

Sabia que as coisas estão começando a mudar? 

Pois é, muitos anos de lutas e muitas histórias de visibilidade estão construindo um caminho de luz para essas pessoas.

Ainda vivemos numa realidade onde a pessoa precisa mensurar seus objetivos de vida, pois sabem que em alguns casos, ao optar por assumir sua sexualidade, sofrerá abandono, desrespeito, e passará por muitas situações incômodas até consigo mesma. Tem até os casos mais extremos, daqueles que sofrem agressões por parte de familiares e são expulsos de casa, tendo que enfrentar o desprezo e as dificuldades de serem deixados sozinhos no mundo.

Busque a autoaceitação e seja livre!

A minha dica neste artigo é que você passe a investir tempo de qualidade em você. Porque a partir do momento que você deixar de ficar se trancando dentro de si mesmo, e começar a procurar a luz que há dentro de você, e se aceitar como é de verdade, irá encontrar a força que precisa para resistir às pessoas que querem silenciar sua voz. 

Para ser bem claro, se ame muito e ame os outros na mesma medida, seja consciente em suas escolhas, trabalhe o autoconhecimento, faça grandes amizades, se aventure, experimente coisas novas, se abra para a vida que você merece ter. 

Chega de negatividade e medo, claro que é necessário tomar cuidado em algumas situações e conhecer bem os ambientes do qual você faz parte. Seja sempre respeitoso e aja com as pessoas da mesma maneira que quer ser tratado. 

A revolução já começou!

Em todo o mundo existe um clamor por liberdade, e essa insistência por visibilidade, e resistência contra os padrões têm ganhado cada vez mais espaço, cada vez mais representatividade e força. Por isso, aproveite esse momento para assumir a sua posição no mundo.

Sei que pode ser difícil essa coisa de autoaceitação, e realmente é, mas existe um ditado que diz que é melhor viver com os desafios da verdade do que a falsa alegria da mentira.

Depois que você se descobre, se prioriza e se respeita, as coisas tendem a ficar mais claras. Haverá momentos em que tudo vai parecer desabar sobre você, mas tenha calma, nada vai se desmoronar se você estiver firmado em sua verdade e nas convicções do seu coração. 

Enquanto isso, se você é alguém que não se encaixa na comunidade LGBTQIA + mas chegou até aqui, te convido a fazer uma reflexão sobre a forma como trata e entende as pessoas que têm preferências diferentes das suas. Você é alguém que apenas não reproduz preconceitos, mas que fica em silêncio quando vê algo? Então está na hora de mudar isso! Lute ativamente contra o preconceito!

Você é luz, tenha orgulho disso! 💛

A vida nos impõe vários desafios mesmo, mas nós somos mais do que capazes de superar cada um dos que surgirem!

Tenha sempre em mente, que você é incrível, você brilha pois é um ser de muita luz. Você merece ser amado incondicionalmente, e vai encontrar tudo o que precisa. Por isso, enquanto estiver nesse caminho, seja alegre, leve, e acima de tudo, verdadeiro consigo mesmo! Tenha claro em sua mente quais são os seus objetivos de vida e busque eles com todas as suas forças. 

Não deixe que te digam o contrário

Para finalizar, você pode estar se perguntando porque a iQuilibrio fez um artigo como esse. Acreditamos que todas as pessoas possuem seu lugar especial nessa esfera terrestre. Isso significa que, ninguém é melhor ou pior que ninguém e é por isso que todos merecem respeito, amor, empatia e carinho. Independente do gênero, raça, religião, opinião política, cor ou outra qualquer característica.

Quando tivermos uma oportunidade de fala para propagar o amor entre todos os seres humanos, o faremos. De forma inclusiva, responsável, transparente e respeitosa. Um de nossos valores é o amor, por isso em qualquer circunstância estaremos falando sobre como podemos transformar o mundo em um lugar de acalento para todos os tipos de pessoas existentes.


Aproveite esse dia de orgulho dedicado à você, e assuma sua posição de vencedor(a) seja feliz e brilhe, brilhe muito, brilhe cada vez mais!


 

Receba direcionamentos e se aprofunda em sua vida amorosa.

Rate this post

Estamos Online