Saiba o que é mandala e entenda melhor suas características e origem

mandala significado

“Tudo possui um começo, um ponto insignificante que necessita de constante evolução. Foi deste modo que me conectei com as mandalas, por perceber essa semelhança entre elas e eu! Por saber que assim como eu, elas um dia foram um ponto único e até simples, mas que com a transformação foi possível crescer. Isso nos prova como as coisas são mutáveis! E como dependemos dessa concentração energética para também conseguirmos explodir em chamas de amor e alegria!”

Que energia magnifica! As mandalas são símbolos que nos permite reconhecer e criar consciência de diversos processos de nossas vidas, principalmente se tratando de mudanças, aprendizados e transformações. Se você ainda não sabe o que é uma mandala, continue lendo este artigo que te explicarei detalhadamente do que se trata.

Melhore Sua Vida Encontrando o Equilíbrio Para o Sucesso. Clique Aqui e Fale com um Terapeuta Holístico

O que é Mandala? – Significado das Mandalas

Primeiro para você entender o que é mandala e como funciona vamos navegar pela etimologia da palavra: assim “mandala” significa “círculo” em sânscrito. Ela pode conter diversos desenhos e até mesmo ser criadas dependendo da intenção do autor. Por exemplo: Se eu quero receber amor, podemos fazer uma mandala com tons puxados para o rosa, lembrando a energia do amor. A cada instante que olharmos para aquele símbolo, podemos receber esse sentimento energético e assim por diante.

A mandala é um símbolo de harmonização, capaz de transformar a energia tanto das pessoas como também dos ambientes. Por isso podemos dizer que a partir dela as coisas podem ser processadas e seguir um grau de evolução.

História e origem das mandalas

Acredita-se que as mandalas tenham nascido no oriente, mas essa hipótese pode ser substituída por: só tivemos consciência que as mandalas existem através do oriente, porque na realidade as mandalas já existem há muito tempo nos processos naturais! Isto é, em uma explosão, um ciclone olhado de cima e até mesmo os nossos olhos, todos esses fluxos são redondos, formam um desenho que podemos dizer e considerar como mandalas, por isso elas são como um presente da natureza para nossas vidas.

Além disso, esse símbolo é a harmonia perfeita entre o micro, que é o ser humano e o macro que é o universo, por isso pode ser traduzido como harmonia universal.

Exercício 1 – Criando sua própria mandala

Sente-se em um lugar tranquilo e pegue uma folha de papel de branco. Em primeiro lugar você precisa saber a sua intenção, quer fazer uma mandala para o amor, prosperidade, tranquilidade, pequena, grande… Depois de escolher todas as características conforme seu desejo ou necessidade, comece a desenhar! Faça símbolos que vierem na sua cabeça. Deixei algumas mandalas abaixo para te inspirar.

Exercício 2 – Meditando com mandalas

Imprima uma manda que achar bonita ou você mesmo poderá confeccionar a sua – neste caso foi explicado no exercício acima -. Coloque ela colada em um parede na direção dos seus olhos na posição que você costuma fazer para a meditação.

Relaxe bem, e ritmize a sua respiração pautada na tranquilidade. Medite olhando para o desenho da mandala.

6. Flor de Lótus – Mandala

 

 

 

 

5. Mandala do amor

 

 

 

 

 

4. Mandala da prosperidade

3. Mandala feminina ou Mandala Masculina

2. Mandala da felicidade

1. Mandala da gratidão

Não Escolhemos os Problemas, mas Podemos Escolher como Lidar com Eles. Clique Aqui e Descubra Como Melhorar a Sua Vida

 

Avalie esse post!