Início Terapias Alternativas Florais Terapia Floral: o que faz um Terapeuta Floral?

Terapia Floral: o que faz um Terapeuta Floral?

0
9504
Terapia Floral: o que faz um Terapeuta Floral

Você sabia que a essência das flores, além de ser deliciosa, ainda consegue influenciar nossas emoções? É verdade! E, mais que isso, elas podem ter um papel importantíssimo na hora de restabelecer nossa saúde e equilíbrio.

Melhore Sua Vida Encontrando o Equilíbrio Para o Sucesso. Clique Aqui e Fale com um Terapeuta Holístico

Pois é justamente isso que um terapeuta floral faz. Ele é um profissional especializado nessa área. Se você ficou curioso, continue lendo o texto de hoje para entender melhor sobre essa área e os benefícios que ela pode trazer para você. Confira!

O que é Terapia Floral

terapia floral é baseada nas essências florais, ou seja, aquele cheiro que é específico de cada flor. Cada essência é única, e pode trabalhar emoções muito diferentes — sem contar que o floral pode ser específico para cada pessoa. O terapeuta floral, por sua vez, consegue perceber as essências que existem em cada pessoa. Depois de distinguí-las, busca entre as flores qual será ideal para equilibrar suas emoções.

A técnica foi desenvolvida por Edward Bach e, justamente por isso, as essências também são conhecidas como “Florais de Bach”. A terapia floral já vem se firmando há alguns anos como uma técnica alternativa e homeopática. Hoje já existem também os Florais de Minas e os Florais Brasileiros.

Como usar a Terapia Floral

Fazer uso dos florais é bem simples. A dosagem padrão é de apenas 4 gotinhas do floral específico diretamente na boca. Esse processo é repetido 4 vezes ao dia. Além disso é importante diluir ou diminuir as doses para as crianças pequenas, bebês e mães em período de gestação ou de aleitamento.

Até hoje, não foi comprovado nenhum tipo de reação ou problema como efeito colateral. Vale lembrar também que a terapia floral tem um perfil complementar, podendo ser combinada com outros tipos de tratamento.

O Terapeuta floral

Para ser um terapeuta floral, é importante ter um conhecimento profundo sobre as plantas e as flores. Além disso conhecer as suas características e possíveis efeitos no organismo. Combinado a isso, é fundamental uma noção de psicologia, assim como a sensibilidade para lidar com as pessoas. Por fim, é imprescindível procurar por um curso com certificação para atuar como um terapeuta floral.

Depois de formado, o terapeuta tem como principais atividades conversar com o paciente, entender os motivos que fazem com que ele procure ajuda, quais são as verdadeiras razões e raízes do problema. E, por fim, diagnosticar qual é o tratamento que ele deve seguir.

Mas não acaba aí! Depois disso, ele ainda fará um acompanhamento para entender o quadro do paciente e acompanhar possíveis melhoras. Além disso, ele pode desenvolver um trabalho paralelo com um médico, acompanhando todo o tratamento e fazendo as mudanças e adaptações que sejam necessárias.

Áreas de atuação de um Terapeuta Floral

O tratamento com floral pode ser usado para vários tratamentos ou distúrbios, como problemas de autoestima, timidez, ansiedade, depressão, crises de pânico, cansaço físico excessivo, enxaqueca, alergias e muitas outras áreas.

Como você pode perceber, o terapeuta floral pode desempenhar um papel muito importante na vida de seus pacientes. Com os benefícios conquistados e uma vida mais leve, relaxada e equilibrada, você vai perceber como a terapia é um ótimo investimento.

E então, gostou deste post? Caso ainda tenha alguma dúvida sobre o assunto, ou queira contar suas experiências com esse tratamento, não deixe de compartilhar seu comentário!

Não Escolhemos os Problemas, mas Podemos Escolher como Lidar com Eles. Clique Aqui e Descubra Como Melhorar a Sua Vida