Conversão de São Paulo – Um verdadeiro milagre através do amor de Cristo

dia da conversão de São Paulo

Em 25 de Janeiro celebra-se o Dia da Conversão de São Paulo, ou chamado também de Conversão de São Paulo Apóstolo. É nesta data que toda a igreja católica comemora um dos milagres de Jesus, e a forma como Ele tocou o coração daquele que cruzou o seu caminho e escutou com o espírito as suas Palavras Sagradas.

Abra seus Caminhos AQUI com a Orientação dos Melhores Especialistas em Salmos

Chamado de “Apóstolo dos gentios“, seu nome de batismo era Saulo, porém devido a pronúncia romana ele também fora chamado de Paulo (no qual ficou mais conhecido). Paulo aceitou a promessa de Cristo de uma nova crença e deixou para trás a perseguição aos cristãos.

A vida do Apóstolo Paulo

Saulo ou Saul (em origem hebraica), era um fariseu muito religioso e por isso perseguia os cristãos pois os considerava uma escória que desejavam acabar com o judaísmo.

Mas, Deus tinha uma missão maior a Paulo, e mesmo este não tendo convivido com Jesus Cristo, ele o aceitou com toda fé e se entregou ao cristianismo, sendo uma das principais pessoas a difundirem essa religião no ocidente.

Os anjos do Senhor podem te ajudar em qualquer momento de sua vida, saiba o que eles têm a te dizer em uma leitura reveladora, canalizada por meio das energias desses seres de luz. Clique aqui e faça seu Tarot dos Anjos.

Quem eram os fariseus?

Eram homens que formavam um partido político ou religioso e com forte influências do povo Judeu, se dedicavam ao estudo do que chamam de Torá, que para os cristãos é o Pentateuco, baseado nos cincos primeiros livros da Bíblia.

Saulo era um dos principais mestres das sinagogas judaicas, aquele que lutava com todas as forças pela região.

Perseguição aos cristãos

Saulo sempre teve uma educação baseada no grande mestre dos fariseus, chamado Gamaliel. Nasceu em Jerusalém e era judeu, com título de cidadão romano, e isto lhe favorecia em diversos aspectos.

Ele então perseguiu qualquer cristão que cruzava seu caminho, e não era por violência ou crueldade, mas Paulo realmente acreditava que os cristãos eram uma contraposição ao judaísmo, isto é, ele achava que esse novo movimento religioso em nome do Messias provocava a ira de Deus. Portanto as perseguições em sua visão, era como se ele estivesse combatendo e defendendo o lado do Senhor.

O temperamento de Saulo era perigoso, muito decidido de tudo e principalmente quando o assunto envolvia sua crença. Prático, despojado, corajoso, sistemático e fiel. E por isso que a sua conversão foi um verdadeiro milagre, sendo até hoje comemorada pela igreja.

Veja qual o Salmo do dia aqui em nosso blog!

A conversão de São Paulo

Tudo aconteceu no auge da perseguição aos cristãos, assim que o Messias havia sido crucificado (30 d.C). Com a morte de Estêvão, um dos diáconos da Igreja de Cristo em Jerusalém, (o qual Paulo auxiliou em seu apedrejamento) ele pediu permissão para ir até Damasco e prender outros cristãos. E assim com a autorização formulada do Sinédrio da cidade, foi a caminho de seu objetivo.

Em sua viagem uma surpresa lhe esperava: a aparição do próprio Jesus Cristo a sua frente que lhe perguntou:

“Saulo… Saulo… por que Me persegues?”

Neste momento Paulo ficou cego e decidiu então se recolher para meditar sobre o ocorrido.

Recolhimento de Paulo

Paulo se recolheu por 3 anos em oração, meditação e em toda compreensão das Escrituras para que pudesse entender que a Luz de Jesus Cristo (a qual lhe cegou) na verdade lhe mostrava a verdade a ser enxergada.

Na mesma época Ananias recebe uma mensagem de Jesus que lhe pede para se encontrar com Paulo, e ao vê-lo e tocar em sua cabeça, a sua visão foi recuperada. Ciente da bondade Divina, Paulo decide converter-se ao cristianismo.

E assim São Paulo trouxe a Boa Nova de Jesus Cristo para aqueles que não eram judeus. Ele foi capaz de abrir os horizontes e disseminar a Palavra.

Paulo faleceu em 64 d.C decapitado, até o ano de 62 d.C ele escreveu diversas Epístolas, das quais somente 13 ficaram intactas e passaram toda sua experiência e declaração sobre os ensinamentos de Cristo.

Nossos esotéricos podem te ajudar com conselhos bíblicos e Salmos em uma consulta feita especialmente para você e seu momento particular. Clique aqui e fale com um especialista agora.

Oração para São Paulo

Oração 1

“Ó glorioso Apóstolo Paulo, que de perseguidor dos cristãos vos tornastes grande apóstolo, fazei que vivamos na fé e nos salvemos pela caridade que praticamos.

Que possamos por vossa intercessão conhecer, amar a Deus e assim seguir melhor Jesus Cristo. Suscitai muitos Santos Apóstolos, concedei-nos por vossa ajuda a graça da conversão diária e a sermos defendidos de toda a cilada do inimigo. Concedei-nos especialmente … graça de que tanto precisamos. Amém!”

Oração 2

“Ó S. Paulo, Apóstolo das gentes, olhai com amor para o nosso tempo.
O vosso coração dilatou-se para acolher e abraçar todos os povos num amplexo de paz.
A caridade de Cristo nos impulsione a iluminar todos os homens com a luz do Evangelho e a estabelecer o Reino do Amor.
Suscitai vocações; animai os operários do Evangelho; que todos conheçam e amem Jesus Cristo.
Que todos os povos encontrem em Cristo o Caminho, a Verdade e a Vida, façam brilhar no mundo a sua luz, e procurem sempre o Reino de Deus e a sua justiça.
Ó Santo Apóstolo, pregador do Evangelho, fazei que sejamos iluminados pela fé que vós anunciastes diante de reis e nações, e que a Igreja de Jesus Cristo se manifeste sempre como mãe e mestra de todos os povos.
Amém”

Novena de São Paulo

Inicie sua novena com a Oração Inicial e logo após finalize com um Pai-Nosso, uma Ave-Maria e um Credo.

Oração Inicial

“Glorioso Apóstolo São Paulo, vaso escolhido do Senhor para levar seu santo Nome por toda a terra; pela abrasada caridade com que tomáveis os trabalhos do próximo como se vossos fossem; pela inalterável paciência com que sofrestes perseguições, prisões, açoites, correntes, tentações, naufrágios e até a própria morte.

Pelo zelo que vos estimulava a trabalhar dia e noite em benefício das almas; e sobretudo pela prontidão com que vos rendestes imediatamente à graça, ao primeiro chamado de Jesus Cristo no caminho à Damasco; rogo-vos por todos os apóstolos de hoje, e também para que me consigais Senhor que eu imite vossos exemplos, ouvindo prontamente a voz da sua inspiração e lutando contra minhas paixões com total desprezo pelas coisas temporais e apreço pelas eternas, para a glória de Deus pai, que com o Filho e o Espírito Santo vive e reina por todos os séculos dos séculos. Amém.”

São Paulo é uma prova de que o amor de Cristo é imensurável, e que não há pecado que não possa ser compreendido se a pessoa se entrega de coração ao amor do Pai e aceita a Sua verdade, amando uns aos outros e respeitando o caminho de fé.

Vença Seus Desafios de Vida Com a Ajuda de Esotéricos Experientes