Início Terapias Alternativas Você sabe o que é Homeopatia e para que serve? Descubra aqui!

Você sabe o que é Homeopatia e para que serve? Descubra aqui!

0
1669
homeopatia

A homeopatia é um sistema médico baseado na crença de que o corpo pode curar a si mesmo. Aqueles que o praticam usam pequenas quantidades de substâncias naturais, como plantas e minerais e acreditam que isso estimula o processo de cura. A homeopatia foi desenvolvida no final dos anos 1700 na Alemanha.

Confira o atendimento personalizado da iQuilibrio!

Como funciona a homeopatia?

Uma crença básica por trás da homeopatia é “semelhante cura semelhante”. Em outras palavras, algo que provoca sintomas em uma pessoa saudável pode – em uma dose muito pequena – tratar uma doença com sintomas semelhantes. Isso serve para acionar as defesas naturais do corpo.

Por exemplo, cebola roxa faz seus olhos lacrimejarem. É por isso que é usado em remédios homeopáticos para alergias. Os tratamentos para outras doenças são feitos de hera venenosa, arsênico branco, abelhas inteiras e uma erva chamada arnica.

  • “Semelhante cura semelhante” – a noção de que uma doença pode ser curada por uma substância que produz sintomas semelhantes em pessoas saudáveis.
  • “Lei da dose mínima” – a noção de que quanto menor a dose do medicamento, maior sua eficácia. Muitos produtos homeopáticos são tão diluídos que nenhuma molécula da substância original permanece.

 Homeopatia – Como são feitos os remédios?

Os médicos homeopatas (também chamados de “homeopatas”) enfraquecem esses ingredientes adicionando água ou álcool. Em seguida, eles agitam a mistura como parte de um processo chamado “potenciação”. Eles acreditam que esta etapa transfere a essência de cura. Os homeopatas também acreditam que quanto mais baixa a dose, mais poderoso é o medicamento. Na verdade, muitos desses remédios não contêm mais nenhuma molécula da substância original. Eles vêm em uma variedade de formas, como bolinhas de açúcar, gotas líquidas, cremes, géis e comprimidos.

Confira o atendimento personalizado da iQuilibrio!

Os tratamentos são “individualizados” ou adaptados a cada pessoa – é comum que diferentes pessoas com a mesma condição recebam tratamentos diferentes. A homeopatia usa um sistema de diagnóstico diferente para atribuir tratamentos a indivíduos e reconhece padrões clínicos de sinais e sintomas que são diferentes daqueles da medicina convencional.

Durante sua consulta, um homeopata fará uma série de perguntas sobre sua saúde mental, emocional e física. Eles prescreverão o remédio que melhor corresponda a todos os seus sintomas. Em seguida, eles definirão o tratamento para você.

Você também pode comprar remédios homeopáticos de venda livre em drogarias e lojas de produtos naturais. A dosagem e a qualidade desses produtos dependem do fabricante.

Que condições a homeopatia trata?

É usado para uma ampla variedade de problemas leves de saúde, incluindo algumas doenças crônicas:

  • Alergias
  • Enxaqueca
  • Depressão
  • Síndrome da fadiga crônica
  • Artrite reumatóide
  • Síndrome do intestino irritável
  • Síndrome pré-menstrual

Também pode ser usado para problemas menores, como hematomas, arranhões, dores de dente, dores de cabeça, náuseas, tosses e resfriados.

Homeopatia – Pontos importantes a considerar

Uma avaliação abrangente de evidências feita em 2015 pelo Conselho Nacional de Saúde e Pesquisa Médica do governo australiano concluiu que não há evidências confiáveis ​​de que a homeopatia seja eficaz para qualquer condição de saúde.

A homeopatia é um assunto controverso. Vários dos conceitos-chave subjacentes à teoria da homeopatia não são consistentes com os conceitos científicos fundamentais como os entendemos. Por exemplo, as preparações homeopáticas podem ser tão diluídas que uma substância considerada “ingrediente ativo” se torna incomensurável, o que cria grandes desafios para a investigação rigorosa de tais produtos. No entanto, pesquisas recentes começaram a examinar os atributos físicos dessas preparações para determinar se será possível caracterizá-los no futuro.

Não use medicamentos homeopáticos para doenças potencialmente fatais, como asma, câncer e doenças cardíacas, ou em emergências. Você também deve evitar usá-lo no lugar das vacinas. Alguns produtos homeopáticos chamados “nosódios” são comercializados como uma alternativa para vacinas, mas não há pesquisas que comprovem que eles são eficazes.

  • Não use a homeopatia para substituir o tratamento convencional comprovado ou adiar a consulta com um profissional de saúde por causa de um problema médico.
  • Se você está pensando em usar um produto homeopático, leve-o com você quando for visitar seu médico. O provedor pode ajudá-lo a determinar se o produto pode representar um risco de efeitos colaterais ou interações medicamentosas.
  • Siga os esquemas de imunização convencionais recomendados para crianças e adultos. Não use produtos homeopáticos como substitutos das imunizações convencionais.
  • Mulheres que estão grávidas ou amamentando, ou pessoas que estão pensando em usar homeopatia para tratar uma criança, devem consultar seus (ou os da criança) profissionais de saúde.
  • Assuma o controle de sua saúde – converse com seus profissionais de saúde sobre quaisquer abordagens complementares de saúde que você use. Juntos, vocês podem tomar decisões compartilhadas e bem informadas.

A homeopatia pode te ajudar a melhorar doenças e sintomas, porém, não deve substituir os tratamentos médicos e deve ser utilizado como uma medicina complementar, ou seja, além dos medicamentos tradicionais, a utilização das homeopatias podem potencializar os remédios e agilizar os tratamentos. De qualquer forma, sempre procure um médico e se informe sobre como utilizar esse tipo de medicina.

Confira o atendimento personalizado da iQuilibrio!

Rate this post