Início Oráculos Como ser uma taróloga? Tudo que você precisa saber para ser uma...

Como ser uma taróloga? Tudo que você precisa saber para ser uma profissional de sucesso

Se você é uma pessoa que gosta do esoterismo, da magia, mistérios, especialmente do Tarot, e tem vontade de auxiliar pessoas em seus caminhos, autoconhecimento e cultivar confiança para os próximos passos de sua vida, já pensou em se tornar uma taróloga?

Essa é uma ocupação que, se exercida com responsabilidade, pode auxiliar as pessoas a terem mais tranquilidade e confiança nas suas vidas, além de indicar respostas e caminhos para questões que as angustiam, por meio dos conselhos que as cartas do Tarot dão.

Além disso, ser taróloga te dá autonomia sobre o seu tempo e espaço de trabalho e é uma ocupação que te permite trabalhar com Tarot online ou presencialmente.

Descubra abaixo tudo que você precisa saber para se tornar uma taróloga de sucesso.

O que é uma taróloga?

A taróloga é uma pessoa com conhecimentos sobre as cartas do Tarot, como embaralhar e tirar, e que faz consultas com o objetivo de aconselhar as pessoas sobre questões que trazem dúvidas e angústias. Entre as perguntas mais comuns estão sobre a vida amorosa, trabalho, saúde e questões familiares.

Além disso, a taróloga escuta e auxilia as pessoas em seus caminhos, levando tranquilidade e confiança para as decisões que a consulente deseja tomar a partir da leitura das cartas.

A taróloga trabalha com o oráculo Tarot, uma sabedoria ancestral que usa da leitura de um conjunto de cartas para indicar tendências sobre o presente e o futuro da vida do consulente, com base nas perguntas que a pessoa faz.

Ele também é uma ferramenta poderosa de autoconhecimento, pois as cartas auxiliam que a consulente entenda mais profundamente questões que não são possíveis serem respondidas racionalmente. A leitura das cartas ajuda a trazer questões que estão no inconsciente das pessoas à superfície.

A taróloga, por meio do Tarot, auxilia a lidar com indecisões e ajuda a indicar possibilidades de novos caminhos. Por isso, ajuda na tomada de decisões difíceis e na afirmação da confiança em nós mesmos.  

O que é preciso para ser taróloga?

Para ser uma taróloga é preciso ter um baralho de Tarot, conhecimento sobre o oráculo, disponibilidade para tratar de temas sensíveis, dedicação ao tema e empatia pelas consulentes.

Não é necessário ter nenhum tipo de mediunidade para ser uma taróloga. No entanto, é interessante desenvolver algum tipo de contato com a mediunidade, pois isso te auxiliará a fazer leituras melhores das cartas.

É muito importante manter uma postura ética e levar sempre em consideração que as pessoas estão expondo a sua intimidade durante as consultas. Por isso, o sigilo e a discrição são alguns dos principais valores para se tornar uma taróloga.

Além disso, é importante pensar sobre a responsabilidade sobre suas palavras e leituras, já que a taróloga lida diretamente com as dores e angústias das pessoas. A empatia é fundamental para a criação da conexão entre a taróloga e a consulente, pois é preciso que a pessoa se sinta confortável para compartilhar as suas questões mais íntimas com alguém que não conhece.

3 dicas práticas para ser uma taróloga

Escolha um baralho

Há diversas opções de baralho de Tarot disponíveis no mercado. É importante que você escolha o que mais se identifica, pois é a partir dele que você vai tirar e ler as cartas.

Alguns baralhos de Tarot costumam vir com livros ou manuais contendo explicações sobre as cartas, mas é interessante lê-los depois de já ter se habituado ao baralho escolhido.

É muito importante que você se conecte com o baralho antes de aprender o significado de todas as cartas. Analise os detalhes de cada imagem e reflita sobre qual sensação aquilo que está sendo representado te traz. Tente interpretar apenas pelas imagens, intuitivamente, e depois vá descobrindo o significado de cada carta aos poucos.

Essa conexão intuitiva com as cartas vai ser essencial na construção das interpretações das tiragens do baralho.

Entre os tarots disponíveis no mercado estão o Tarot of White cats, o Everyday Tarot, o Tarot mitológico e o Shadowscapes Tarot. Conheça mais sobre alguns tipos de Tarot neste texto.

Faça cursos sobre Tarot

É importante também buscar cursos de tarologia para entender melhor o que significa o Tarot, o seu histórico e aprender com quem já sabe muito sobre o tema.

Há diversos cursos disponíveis na internet, mas é importante escolher um de acordo com o baralho que você mais se identificou.

Com os cursos você vai aprender:

  • o que as cartas tiradas estão apresentando
  • quais são os significados possíveis para elas
  • as maneiras como é possível jogar o Tarot
  • rituais que podem ser feitos antes da leitura
  • como ter uma visão abrangente do baralho

Além disso, fazer um curso de Tarot te permite entrar em contato com outras pessoas que estão seguindo por esse caminho e realizar trocas que podem engrandecer muito o seu trabalho como taróloga.

Leia bastante sobre o tema

Estar constantemente se aprimorando e se atualizando no assunto é muito importante para se tornar uma taróloga sensível e informada.

Alguns dos livros para iniciantes indicados são:

  1. Tarô simples e claro (Josephine Ellershaw)
  2. Guia Completo do Tarô  (Hajo Banzhaf)
  3. Curso Completo de Tarô (Nei Naiff)
  4. Estudos Completos do Tarô (Nei Naiff)
  5. A Bíblia do Tarô (Sarah Bartlett)
  6. O caminho do Tarot (Alejandro Jodorowsky e Marianne Costa)

Cada livro pode te ajudar de maneiras distintas a encontrar o seu próprio estilo como taróloga e a te dar luz sobre questões que você vai lidar cotidianamente com as consulentes.

taróloga

Qual a diferença entre cartomante e taróloga?

As três principais diferenças das tarólogas para as cartomantes são:

  1. o baralho
  2. a tradição
  3. o tipo de leitura

A cartomante faz a sua leitura a partir da cartomancia, interpretando as cartas do baralho comum para prever o futuro. Já a taróloga, faz a leitura a partir do deck de Tarot escolhido por ela.

A cartomancia é uma prática passada por laços familiares, de geração para geração. É um forte oráculo para pessoas sensitivas e que possuem esse dom.

Já o Tarot é um oráculo que exige concentração e sensibilidade, mas não necessariamente poderes sensitivos como a cartomante.

Como a leitura é feita a partir das cartas, e uma trabalha com o baralho comum e outra com o Tarot, as leituras também serão distintas.

O mais importante das duas ocupações, é que ambas trabalham escutando e aconselhando as pessoas em suas questões mais íntimas, por isso requerem empatia e sensibilidade.

Uma das melhores maneiras de entender o trabalho da taróloga na prática é se consultando com uma! Faça uma consulta com uma das tarólogas do iQuilibrio e aprenda na prática como funciona o Tarot. Na plataforma, estão disponíveis as melhores tarólogas online com o perfil completo para você escolher a que mais se identifica!

 

 

 

 

Rate this post