Início Astrologia Astrologia védica – Os signos segundo a astrologia Hindu⭐☸

Astrologia védica – Os signos segundo a astrologia Hindu⭐☸

0
115
Astrologia védica

Na Índia, a Astrologia Védica é conhecida como Jyotish, cujo significado é “luz do conhecimento”. Assim, essa sabedoria pode ser definida como o estudo das luzes que emanam do Universo e a influência que elas têm sobre os seres humanos.

Antes de mais nada, a palavra Astrologia significa “estudo dos astros” quando traduzida do grego. Védica se refere aos Vedas, que são escrituras milenares feitas por Deus e disseminadas entre os grandes sábios, que funcionam como a Bíblia Sagrada dos hindus, guiando o rumo da história da humanidade por meio de seus ensinamentos. 

Índice – Astrologia Védica

Nesse sentido, a chamada Astrologia Hindu ou Astrologia Indiana é um sistema complexo que se baseia na análise da posição dos astros na hora do nascimento de uma pessoa. Por meio dela, é possível realizar indicações sobre diversas áreas da vida humana, como relacionamentos, saúde e vocação profissional. 

Assim, em suas previsões, esse estudo analisa os resultados das ações de vidas passadas, conhecidos como carmas, na vida atual de uma pessoa, sendo o único sistema de previsões a utilizar esse conhecimento.

O conhecimento proporcionado pela astrologia de uma forma geral, pode nos ajudar muito a tomar as decisões certas conforme as nossas pré-disposições astrológicas. Sendo assim, muita coisa que acontece em nossas vidas podem ser entendidas e explicadas através dos astros e da leitura do mapa astral.

Por isso, se você deseja ter um grande aliado na jornada do autoconhecimento, faça um mapa astral ou consulte um especialista para realizar a leitura e interpretação do seu mapa. Tenho certeza que você sairá muito esclarecido e iluminado. 

Quero fazer agora o meu mapa astral!

Você conhece a Astrologia Védica?

À primeira vista, a Astrologia Védica é considerada um dos seis “conhecimentos sagrados da luz”, assim como a Yoga, para a cultura hindu. O seu estudo, em sânscrito, tem origem há mais de 6 mil anos, antes mesmo do descobrimento de todas as ciências da humanidade.

Posteriormente, o termo “Astrologia Védica” se popularizou em meados dos anos 80, quando publicações sobre a medicina Ayurveda e ensinamentos de Yoga começaram a se tornar mais conhecidas mundialmente, o que gerou muitos debates em diversas áreas – como a medicina e a psicologia.

Contudo, existem seis grandes disciplinas contam a história da crença védica hindu chamadas de Vedangas. Suas composições são formadas por textos sagrados, conhecidos pelos nomes de: Shiksha, Chandas, Vyakarana, Nirukta, Jyotisha e Kalpa. O Jyotisha é a mais antiga delas, criada com o objetivo de formar um tipo de calendário.

Identificando respostas em seu Mapa Astral

Em primeiro lugar, na Astrologia do ocidente, os estudos começam com a confecção do Mapa Astral. Por meio dele, são feitos cálculos matemáticos para identificar respostas aos questionamentos dos indivíduos. Por meio do Jyotisha, é possível confeccionar 3 mapas: natal, lunar e solar. 

  • O Mapa Natal necessita da hora do nascimento para ser confeccionado. Por meio dele, são realizadas previsões sobre família, carma, espiritualidade, filhos, profissão, casamento e doenças.
  • O Mapa Lunar pode ser feito sem a hora do nascimento e é voltado para saúde, sorte, família e vidas passadas.
  • O Mapa Solar permite interpretações sobre profissão, saúde, família, sorte e carma.

Então, há milênios, a cultura hindu considera a Astrologia extremamente importante para a tomada de decisões. Ela é entendida como um guia que ajuda as pessoas a trilhar os melhores caminhos, de acordo com a influência das estrelas, os carmas e as vidas passadas. 

Descubra agora o que os astros dizem sobre você e sobre o seu caminho. Tenha clareza e assertividade na tomada de decisões. Clique aqui e receba um direcionamento!

Astrologia védica X Astrologia Ocidental

Pode-se afirmar que a base da Astrologia Indiana é semelhante à ocidental, utiliza-se também a divisão em 12 casas dos conjuntos estelares. Entretanto, o Jyotisha utiliza o sistema sideral para orientação (são as estrelas que servem de parâmetro para a orientação, assim como outros corpos celestes), enquanto a Astrologia Ocidental olha para os astros pelo ponto de vista da Terra, sempre em movimento.

Outra diferença é em relação aos astros regentes: enquanto a Astrologia ocidental conta com 12 astros, a Astrologia Védica possui apenas 7: Sol, Lua, Marte, Mercúrio, Júpiter e Vênus. Além disso, existem 27 casas lunares para os 12 signos do zodíaco hindu.

Por esse motivo, os estudiosos do sistema astrológico indiano defendem que a precisão dos mapas astrais védicos é maior do que na ocidental

A principal diferença entre o zodíaco védico e o zodíaco ocidental é que, do ponto de vista ocidental, há um maior foco no estudo da personalidade; enquanto para os hindus, a Astrologia Védica se concentra em fazer previsões exatas do futuro, além de esclarecer carmas e questões que trazemos de outras encarnações. 

Se você deseja saber o que pode haver reservado para você no futuro, conte com as técnicas e sabedoria dos consultores, que através dos oráculos podem te mostrar o melhor caminho para um futuro de sucesso!

Clique aqui e planeje o seu futuro com luz e sabedoria!

Astrologia e psicologia

Os signos na Astrologia Védica 

Mesha (15/04 a 15/05)

As pessoas nascidas sob o signo de Mesha têm uma mente ativa e determinada, mas tendem a se tornar impacientes quando não alcançam seus desejos e expectativas. São muito originais e pioneiras, além de comunicativas e persuasivas.

Um dos cuidados necessários é encontrar equilíbrio quando assumem posições de comando, pois correm o risco de se transformarem em tiranos. A sinceridade também pode ser perigosa, porque não costumam filtrar suas ideias antes de as expor.

Além disso, nas relações amorosas, a iniciativa tem que partir delas, que gostam de agradar e conquistar. Elas se apaixonam com muita rapidez e intensidade, e fazem o possível e o impossível para manter o relacionamento em movimento, sem deixá-lo cair na rotina.  

Vrishabha (16/05 a 15/06) – Astrologia Védica 

As pessoas nascidas sob o signo de Vrishabha são tímidas, mas também têm sabedoria para agirem de forma determinada, investindo em suas metas com cautela e paciência. 

Um grande desafio da vida profissional dos nativos de Vrishabha é aprender a selecionar melhor as pessoas com as quais querem se relacionar ou fazer negócios. Além disso, também precisam aprender a aceitar as próprias derrotas e a reconhecer que nem sempre estão com a razão.

Desse modo, em suas relações amorosas, são precavidos ao extremo e, para entregar o coração a outra pessoa, pensam e analisam antecipadamente todos os prós e contras. A inflexibilidade emocional tende a ser um dos desafios ao nos relacionar com uma pessoa deste signo. 

Mithuna (16/06 a 16/07)

As pessoas nascidas sob o signo de Mithuna são muito delicadas, sensíveis e amorosas. Fazem o impossível para mostrar o próprio charme e são sedutoras natas. 

Apesar disso, lidar com elas requer cuidado, porque seu temperamento varia de um momento para o outro, tornando-as extremamente críticas algumas vezes, e totalmente desinteressadas em outras. Para conviver com elas, é preciso aprender a lidar com seu comportamento inconstante.

Além disso, são pessoas versáteis e aprendem coisas que as interessam com facilidade. Gostam de se informar e são daquelas que sabem de tudo um pouco. Por ter muitas habilidades, pode seguir mais de uma carreira ao longo da vida.

Seu planeta regente é Mercúrio, o que os torna sonhadores. Mas não se frustram com facilidade. Seu ponto fraco é ter dificuldade para tomar decisões! 

Karka (17/07 a 17/08) Astrologia Védica 

As pessoas nascidas sob o signo de Karka são protetoras, emotivas, sensíveis e leais. Querem viver o sonho do grande amor e, por isso, escolhem seus parceiros com muito cuidado. 

Por outro lado, precisam dominar seus desejos de controlar a vida do outro, porque acreditam que sabem o que é melhor e podem acabar apelando para a manipulação.

Ao passo que, para se relacionar com outras pessoas, é preciso que tenham um excelente jogo de cintura para que, assim, possam compreender e acompanhar as suas mudanças de humor.

As pessoas desse signo sonham com uma família numerosa, que simboliza o que há de mais sagrado em termos de felicidade e realização. Por esse motivo, são trabalhadores responsáveis. 

Simha (18/08 a 16/09)

As pessoas nascidas sob o signo de Simha não medem esforços para viver uma grande paixão com glória e esplendor. 

Em contrapartida, cobram fidelidade e carinho da pessoa amada; são muito ciumentas e possessivas, e assim, acabam criando confrontos e brigas desnecessárias quando se sentem traídas. 

Segundo a Astrologia Védica, só ficam felizes quando se tornam o centro das atenções, tal como a pessoa mais importante na vida das pessoas que amam.

Ou seja, as pessoas nascidas sob o signo de Simha têm uma forte e marcante personalidade. Costumam se destacar quando ocupam cargos de liderança e não se abatem nem se detém diante dos obstáculos.  

Kanya (18/08 a 16/09) Astrologia Védica 

As pessoas nascidas sob o signo de Kanya têm um grande coração e adoram ajudar os outros. Esse é um signo prático e objetivo e sua regência as incentiva a expressar aquilo que sentem com muita ponderação, ao mesmo tempo que se dedicam de corpo e alma à pessoa amada. 

São detalhistas e podem orientar muito bem qualquer pessoa, além de ter um ótimo desempenho no trabalho. Porém, a sua alta atenção aos detalhes pode fazer com que se tornem excessivamente críticos. 

Procuram alcançar a perfeição nas relações e na vida. Além disso, possuem grande persistência e paciência e não se incomodam em dar um passo de cada vez. 

Tula (18/10 a 16/11)

As pessoas nascidas sob o signo de Tula, além de sedutoras, contam com o dom de encantar os outros por meio das palavras. Elas se tornam tão atraentes que é quase impossível resistir ao seu charme e à sua delicadeza. 

Para a Astrologia Védica, são cuidadosas e incapazes de ferir os sentimentos de quem amam, apesar de pecarem algumas vezes pela indecisão, ou seja: se deveriam ou não assumir um relacionamento mais sério. 

Se interessam por todo o tipo de arte. Graças à enorme sensibilidade e força de vontade, paciência e persistência, são capazes de vencer qualquer obstáculo e chegar ao sucesso profissional. Especialmente no trabalho, precisam encontrar o equilíbrio e não se perder para agradar os outros. 

Vrischika (17/11 a 16/12)

As pessoas nascidas sob o signo de Vrischika são comparadas a um vulcão, em termos de sensualidade e paixão. Elas são muito intensas e vivem a um passo de entrar em erupção. 

Elas costumam esconder a sua enorme devoção às pessoas que amam com uma máscara de autocontrole permanente. A confiança é um ponto desafiador para esses nativos, que se sentem vulneráveis ao expressar suas emoções. 

Quando são conquistados e passam a ter fé no outro, se doam completamente e vivem relações profundas. Porém, um mínimo deslize pode colocar tudo por água abaixo.

Apesar do seu temperamento difícil, sabem se adaptar muito bem a diversos tipos de trabalho. A sua avidez por desafios pode fazer com que construam grandes carreiras. Além disso, se identificam com o desenvolvimento intelectual e com os estudos, pois é por meio deles que conseguem encarar tudo com muita coragem. 

Dhanu (17/12 a 14/01) Astrologia Védica 

Primordialmente, as pessoas nascidas sob o signo de Dhanu podem parecer um pouco cruéis quando se expressam sem pensar. Isso acontece porque o excesso de sinceridade faz com que acabem soando agressivas, mesmo quando essa não é a intenção.

De acordo com a Astrologia Védica, elas são otimistas, joviais e muito sinceras em todas as áreas da vida. Algumas regras são fundamentais para se relacionar e viver bem com elas: respeitar a liberdade, usar de franqueza e não deixar a monotonia invadir a convivência.

Devido a sua conduta alegre, os nativos de Dhanu são muito queridos em qualquer ambiente, inclusive em seu trabalho. Mesmo quando têm diante de si alguns desafios importantes para superar, eles os utilizam para aprender a ser menos exagerados e precipitados em suas decisões. 

Makara (15/01 a 13/02)

Agora, as pessoas nascidas sob o signo de Makara carregam consigo uma máscara de timidez, sobriedade e responsabilidade que esconde a sua personalidade sensível e romântica. Dedicam-se ao trabalho e levam compromissos muito a sério, o que faz com que se sintam constantemente sobrecarregados.

São pessoas sérias e reservadas, que costumam falar pouco sobre si mesmas. Contudo, sabem ser amigas como ninguém. São excelentes ouvintes e procuram dar conselhos construtivos a quem recorre à sua sabedoria. 

Além de tudo, são muito pacientes e têm tudo para se encaixar em cargos de máxima responsabilidade, desde a educação dos filhos até uma posição de destaque no trabalho. Por isso, costumam ser pessoas bem-sucedidas e realizadas, ainda que estressadas. 

Kumbha (14/02 a 14/03)

As pessoas nascidas sob o signo de Kumbha são grandes companheiras e amigas. Por outro lado, no amor, elas não costumam expressar seus sentimentos de forma romântica e prezam pela liberdade acima de tudo. Para a boa convivência, o primeiro passo é compreender suas excentricidades.

A versatilidade é uma das principais características das pessoas nascidas sob este signo. De acordo com a Astrologia Védica, elas são capazes de se adaptar a qualquer tipo de trabalho e encontram sempre as soluções para os problemas do dia a dia, principalmente no setor profissional. 

São pessoas simpáticas e graciosas que cativam a todos com sua sinceridade e o seu jeito amável e solícito. Além disso, têm uma facilidade enorme com a comunicação e adoram lidar com o público. 

Mina (15/03 a 14/04) Astrologia Védica 

As pessoas nascidas sob o signo de Mina são muito carinhosas e costumam utilizar todas as formas que encontram para demonstrar o amor que sentem. São sonhadoras e olham a vida através de uma perspectiva única, mas precisam estar atentas para não confundirem fantasia com realidade.

Geralmente, costumam se dedicar mais à religião e às obras solidárias do que às coisas “fúteis” que regem a sociedade, como questões que influenciam seu status social. Apesar de sua boa intenção, estes nativos precisam desenvolver um pouco a força de vontade.

Em suma, a espiritualidade é um assunto muito importante para os nativos desse signo, que precisam dedicar-se à sua fé para que não se tornem pessoas pessimistas – já que sentem tudo com muita intensidade e costumam ser ansiosos. Quando ignoram essa necessidade, podem acabar cedendo ao escapismo.

Muitas vezes somos confrontados com algumas caracteriasticas nossas que precisam ser melhoradas, a falta ou o excesso de algum elemento em nosso mapa pode nos desequilibrar em algumas áreas da nossa vida, e só é possível contornar situações assim, descobrindo como trazer o equilibrio atraves da astrologia para o nosso dia a dia.

Por isso é tão importante entendermos a nossa natureza e o que predomina sobre nossa identidade, para que assim possamos viver de forma mais harmônica e agradável, sempre em constante evolução e aprendizado.

Faça uma consulta com um especialista iQui e seja feliz, tenha sucesso e muita prosperidade com os ensinamentos da astrologia védica para a sua vida!

Quero renovar a minha vida e viver em harmonia comigo mesma(o)!

Rate this post