Início Astrologia Astrologia: filosofia de vida baseada no movimento dos astros

Astrologia: filosofia de vida baseada no movimento dos astros

0
1508
Astrologia filosofia
Astrologia filosofia

Certamente todas as pessoas já ouviram falar dos signos, acreditando ou não neles, contudo existem muitas pessoas que veem a Astrologia como filosofia, e se baseiam nela para guiar os seus passos.

E nisso surge a pergunta: como podemos utilizar a astrologia para além do mapa astral?

É isso que vamos ver hoje. Então, continue comigo e conheça mais sobre a origem desse oráculo e como a Astrologia como filosofia de vida pode te ajudar.

Nesse texto você vai encontrar:

  • Qual é a origem da Astrologia: séculos atrás, na Grécia Antiga, a astrologia e astronomia eram uma mesma ciência, sem distinção. Isto é, os estudos dos astros, com relação ao seu movimento e suas influências e significados eram uma coisa só;
  • O que faz um astrólogo: o astrólogo é a pessoa que estuda o movimento dos planetas e as influências energéticas que os astros exercem sobre a Terra e as pessoas;
  • Qual é a origem dos signos: os signos do zodíaco são tão antigos quanto a própria astrologia, e estão ligados a constelações. Cada um deles tem uma energia específica de acordo com a posição da constelação e dos planetas naquele período;
  • Como se guiar com a filosofia da Astrologia: fazendo um mapa astral podemos ver a posição de cada planeta no momento do nosso nascimento, dessa forma é possível encontrarmos cada detalhe de nossa personalidade, inclusive defeitos e qualidades. Com isso, podemos comparar as nossas próprias energias com as vibrações planetárias do momento e nos guiar a partir disso.

Qual é a origem da Astrologia como filosofia?

Índice do Conteúdo

A Astrologia faz parte da cultura humana desde séculos antes de Cristo. 

O seu nome, Astrologia, vem do grego e quer dizer ‘estudo dos astros’ (ou das estrelas), e durante muito tempo a Astrologia e a Astronomia eram praticamente a mesma coisa e eram ensinadas pela mesma pessoa.

Você sabe quem é o pai da astrologia?

Esse estudo dos astros foi introduzido na sociedade por um grande astrônomo e matemático grego da Antiguidade chamado Hiparco. Foi ele quem começou a ensinar o movimento dos planetas e suas energias, mas com o tempo Astrologia e Astronomia foram se tornando coisas diferentes.

Depois de muitos anos, a Astrologia acabou sendo considerada uma pseudociência porque não haviam fatos científicos que pudessem comprovar suas teorias. Mas o que exatamente é a astrologia e quem inventou os signos do zodíaco?

É isso que vamos ver!

Conheça as influências dos astros na sua vida com o Mapa Astral Personalizado!

Astrologia filosofia
Astrologia e filosofia

Anteriormente vimos que a Astrologia é o estudo dos planetas, porém isso é meio vago, não é? Pois fique tranquila que vou explicar.

A Astrologia se baseia no estudo da movimentação dos planetas e em como essas energias influenciam as coisas na Terra, por exemplo:

  • como a Lua influencia nas marés;
  • a influência das estações nas colheitas;
  • como as pessoas reagem à energia do momento.

Assim, tudo isso é analisado pelos astrólogos.

São eles que fazem as interpretações dos movimentos dos astros e é a partir dessas mudanças planetárias que as previsões eram e são feitas. A Astrologia então passou a ser um oráculo muito buscado entre as pessoas (e continua assim até hoje).

Assim, com a ajuda desse conhecimento, as pessoas procuravam a melhor energia para fazer praticamente tudo:

  • casar;
  • caçar;
  • plantar.

Mas com o tempo, a Astrologia como filosofia começou a ser usada não só para isso, mas para análises mais profundas da personalidade, com os signos e o mapa astral.

Qual é a origem dos signos?

Apesar dos ensinamentos de Hiparco, os primeiros registros do zodíaco apareceram um pouco antes dele, e tais registros envolviam:

  • filosofia;
  • matemática;
  • ciências;
  • mitologia.

Além disso, mesmo sem contar a filosofia da astrologia, o zodíaco está presente até hoje na astronomia, pois os signos são baseados em constelações. Assim, cada constelação tem a sua história de acordo com a mitologia grega, em relação ao zodíaco ocidental.

Apesar da astrologia ocidental ainda ser a mais conhecida, também existem a:

Contudo, independente do tipo, utilizamos a astrologia como filosofia da mesma maneira.

O que é a filosofia da astrologia?

De acordo com a Astrologia, os movimentos dos astros possuem uma influência específica em nossa vida, desde o momento do nosso nascimento.

Primeiramente há os signos do zodíaco, que dividimos por datas.

Cada signo tem as suas características específicas, e são divididos em quatro categorias, uma para cada elemento da natureza:

  • Água: esses signos representam a fluidez, e estão ligados à emoção, sensibilidade e espiritualidade. Nesse elemento temos os signos de câncer (22/06 a 22/07), escorpião (23/10 a 21/11) e peixes (19/02 a 20/03);
  • Ar: representa o movimento, e estão ligados ao pensamento, sociabilidade e comunicação. Nele temos os signos de gêmeos (21/05 a 21/06), libra (23/09 a 22/10) e aquário (20/01 a 18/02);
  • Fogo: esses signos representam a criatividade, estão ligados à autoestima, entusiasmo e intensidade. Nesse elementos temos os signos de áries (21/03 a 19/04), leão (23/07 a 22/08) e sagitário (22/11 a 21/12);
  • Terra: nesse elemento temos os signos da estabilidade, além disso estão ligados à praticidade, racionalidade e perseverança. Aqui temos os signos de touro (20/04 a 20/05), virgem (23/08 a 22/09) e capricórnio (22/12 a 19/01).

Contudo, essas são algumas das características básicas desses signos. Nós podemos realizar análises mais profundas.

Da mesma forma temos os planetas, e cada um deles representa um aspecto específico da nossa vida, desde relacionamentos até a maneira como lidamos com dinheiro, e tudo isso é visto em nosso mapa astral.

Saiba quais são as energias que te cercam e como usá-las para alcançar seus desejos!

Astrologia filosofia
Filosofia astrológica

Usando o mapa astral como guia

Apesar da influência dos signos em muitas coisas, nossas energias não dependem só deles, pois os planetas estão em constante movimento. Como resultado, a energia que nos cerca vai mudando a cada momento.

Assim, é a partir dessa movimentação que usamos a astrologia como filosofia de vida. 

Mas como isso acontece?

Anteriormente vimos que cada planeta tem uma energia. Dessa forma, ao estudar os movimentos dos planetas, é possível fazer certas previsões sobre o que pode acontecer conosco de acordo com as vibrações do momento. 

Além disso, também temos 12 casas astrológicas, que como os planetas, possuem uma influência específica para cada área. Com isso, é possível usar as informações do mapa astral para trabalhar nosso desenvolvimento pessoal, pois com ele temos detalhes específicos sobre nossa personalidade.

Sendo assim, é possível trabalhar na melhoria de seus pontos fracos e investir nos seus pontos fortes.

Por exemplo, para saber sua profissão ideal, basta analisar as informações sobre a posição de Júpiter e o signo presente na sua casa astrológica 2, com isso é possível crescer profissionalmente com mais facilidade.

Da mesma forma, é possível comparar informações do mapa astral de duas pessoas para compreender mais sobre o seu relacionamento, desde a compatibilidade entre elas,  até os possíveis desafios que vão encontrar nessa convivência.

Enfim, o uso da Astrologia como filosofia é algo que pode te ajudar muito, mas é claro que você também precisa tomar atitude para que as coisas aconteçam. Então, use as energias dos astros da melhor maneira e trabalhe sempre para a sua felicidade.

Até a próxima!

Entenda mais profundamente o seu Mapa Natal por meio de uma consulta personalizada!


Encontre sua verdadeira vocação com o Mapa Vocacional.

Rate this post

Estamos Online