Início Espiritualidade Os 4 elementos da natureza e seus significados

Os 4 elementos da natureza e seus significados

0
345
4 elementos da natureza
Terra, água, fogo e ar, fazem parte da formação do nossos corpo. Esses elementos influenciam em nossa vida diretamente.

O significado dos quatro elementos da natureza

Em suma, o tema “4 elementos da natureza” é muito conhecido e abordado já há algum tempo. E as abordagens e associações vão se modificando de acordo com o ambiente ou cultura em que o tema é proposto. Por isso, espero poder contribuir para o entendimento dele para aqueles que ainda não conhecem, e acrescentar alguns pontos, para quem já teve contato.

Falarei sobre Terra, Água, Ar e Fogo. Dentre os vários aspectos, esses 4 elementos da natureza estão presentes em nosso corpo, pois é a partir dele que fomos gerados. Em suma, esses são os elementos básicos da natureza relacionados ao nosso corpo: 

  1. Terra: estrutura do corpo físico, sensações;
  2. Água: bioquímica, emoções, sentimentos; 
  3. Ar: mente, pensamentos, entendimento;
  4. Fogo: energia da intuição, plano espiritual. 

Os elementos da natureza e suas representações

  • Gnomos: Terra; 
  • Ondinas: Água; 
  • Fadas: Ar; 
  • Salamandras: Fogo.

Os 4 elementos da natureza e a astrologia

Na astrologia temos os triângulos dos elementos, a grosso modo, pode-se dizer que os primeiros signos de cada elemento, são mais imaturos, que os últimos, que são mais elevados. 

  • Terra – Touro, Virgem e Capricórnio.
  • Água – Câncer, Escorpião e Peixes. 
  • Ar – Gêmeos, Libra e Aquário. 
  • Fogo – Áries, Leão e Sagitário. 

Se você deseja saber mais sobre a relação dos signos com os elementos e o que eles podem revelar sobre sua vida, não hesite!

Clique aqui e se consulte com um especialista!!!

Nosso corpo e a natureza

Nosso corpo é constituído por ¾ de líquido, e líquido significa sangue, água, enfim, todos os fluidos. O planeta também é formado por 3/4 de água, que são os rios, mares, lagos e cachoeiras. 

Com esse paralelo, podemos relacionar a água com os nossos sentimentos e emoções, que fluem em nós e através de nós. Ou seja, nossas emoções são algo forte e poderoso em nós, e no planeta, por isso é necessário maturidade, para que elas não dominem nossas ações, pensamentos e atitudes. 

Agir de maneira reativa, pode não ser a melhor opção para alguém que visa grandes conquistas no futuro.

Ao longo da vida, vamos aprendendo a nos conhecer, esse é o propósito evolutivo, à medida que nos conhecemos, aprendemos a equilibrar nossos elementos. A homeopatia e os florais, também nos ajudam nesse sentido, além de equilibrarem também os metais que temos em nossos organismos. 

A nossa relação com o número 4 – Os 4 elementos da natureza

Então veja, 4 elementos da natureza; quatro reinos; quatro estações do ano; estamos no quarto momento evolutivo como humanidade indo para o quinto. Dos quatro reinos, podemos dizer, que temos em nós, os três que nos antecedem, e são eles: Reino mineral, vegetal, animal . Somos o hominal. 

  • Mineral – está em nós representado pelos nossos ossos, que nos dão sustentação, é a parte mais sólida e primitiva no nosso processo evolucional. 
  • Vegetal – representado pelos sistemas neurovegetativo, e central, que nos dá mobilidade, reações a estímulos nervosos. 
  • Animal – são nossos instintos, nosso corpo como um todo, com suas funções e todos os aparelhos : circulatório, digestivo, urinário, cardiovascular respiratório, urinário, genital. 

O hominal, é nossa capacidade de raciocínio e discernimento. Temos instinto, mas não somos animais, podemos controlar a externalização de nossas emoções, usando nossa capacidade de pensar, de analisar, e de escolher qual caminho e atitude tomar. 

Na fase embrionária passamos por todas as etapas evolutivas, como já foi largamente documentado em vários filmes e reportagens. Ou seja, somos a síntese dos 4 elementos, que nos mantém saudáveis, através da nossa alimentação, de nossos pensamentos, sentimentos, relacionamentos, escolhas. 

A influência dos 4 elementos da natureza em nós

Quando estamos com raiva, o elemento fogo fica bem presente, os olhos ficam vermelhos por vezes, a respiração acelera, e nessa aceleração, acaba afetando o elemento ar, que se desequilibra. Quando gritamos, forçamos nossas cordas vocais, o corpo treme, elemento terra; a boca fica seca, as emoções também se desestabilizam, elemento água. 

Estamos constantemente em contato com os 4 elementos, mesmo não prestando atenção nisso. Só o percebemos, se fizermos um relaxamento ou meditação, e nosso corpo nos dirá como está. 

Mesmo que não façamos a associação imediata a algum desconforto, com o elemento correspondente, o corpo nos dirá o que fazer, pois nosso corpo é inteligente, e sempre avisa  o que precisa. No entanto, por vezes, nós não o entendemos. 

O corpo em formação – A manifestação do milagre da natureza

Vamos lembrar um pouco do nosso desenvolvimento embrionário: quando o espermatozoide fecunda o óvulo, acontece a primeira meiose, e de uma célula se formam duas, depois quatro, sucessivamente, em progressão geométrica. Em nosso DNA tem quatro nucleotídeos, que são: citosina, adenina, guanina e timina, formando a dupla hélice, com 23 pares de cromossomos, num total de 46, que é o nosso código genético. 

Nesse sentido, essas células são extremamente inteligentes, pois se aglomeram umas com as outras, combinando-se entre si, para formarem, junto com suas iguais, cabelos, coração, fígado, ossos, unhas, pulmões, pele, e todas as partes do corpo em formação. 

Os ciclos da vida – 4 elementos da natureza

A Natureza é sábia, seus ciclos se repetem, através das quatro estações, e tudo se renova constantemente, todos os anos, sem que nada se perca, pois tudo se transforma. As folhas das árvores caem no outono e se transformam em adubo, para que na primavera seguinte, novas flores e árvores possam nascer. O verão, com seu calor, aquece o solo, as plantas, os animais, nos dá vitamina D, e cumpre seu papel de ajudar a terra com a fertilização. 

Bem como, o inverno nos leva ao recolhimento necessário para a reflexão, e alguns animais hibernam, para manterem seus corpos aquecidos e alimentados, até a primavera seguinte. Todos os dias caem cabelos, nossas células morrem depois de uma semana, outras em quinze dias, outras, em trinta; e assim, vamos morrendo e renascendo todos os dias.

Se observarmos a dança das estações com respeito e atenção, podemos perceber que somos parte dela, pois estamos todos no mesmo planeta, somos feitos dos mesmos elementos, com gradações diferentes, e, tudo que utilizamos no nosso dia a dia, veio da Mãe Terra, nossos alimentos, casas, carros, computadores, móveis, tudo, sem exceção. 

O ser humano e as relações com os outros e com a natureza

Somos uma família planetária, em última análise, e estamos em contato permanente uns com os outros e com os 4 elementos agindo em todos, por isso, o respeito é a melhor forma de convivermos.

Aprendemos a transformar minérios em combustível, árvores em móveis, plantas em remédios, elixires, tinturas. A lista é bem extensa, e em tudo que produzimos, tem uma base que veio do planeta, é só observar e estudar um pouco sobre cada um. 

Paralelamente, temos, ao longo do tempo, agredido o planeta, sem ter consciência que ele é um ser vivo, que devolve as agressões recebidas, ou seja, enchentes, furacões, erupções vulcânicas, terremotos, fazem parte da reorganização e limpeza, reajustes naturais do que saiu do lugar. 

E nosso corpo faz o mesmo, quando algo está em desequilíbrio! Ou seja, quando temos alguma intoxicação alimentar, uma gripe, um tumor, qualquer disfuncionalidade o corpo inteligentemente, busca o equilíbrio, através dos 4 elementos da natureza. 

Os 4 elementos da natureza – Renovação dentro de nós

Em suma, quanto mais relaxamos, mais nos entregamos aos nossos instintos e sentidos, nos conectamos com os quatro elementos em nós, e assim vamos ficando cada vez mais saudáveis e equilibrados; e não precisam técnicas, nem cursos caros, e, na maioria, enganosos: temos todas as respostas dentro de nós, basta a sensibilidade para entender as necessidades do nosso corpo, mas isso acontece com tempo e dedicação.

Uma criança faz isso constantemente, e muito bem, então vamos observá-la com atenção, e fazer o mesmo, já fomos crianças, e o corpo tem memórias, se confiarmos realmente na sabedoria dele viveremos e em harmonia com nosso corpo e com o planeta. 

Se você precisa de ajuda para trazer equilíbrio para sua vida, nossos especialistas esotéricos podem te ajudar a encontrar a harmonia e o equilíbrio total para a sua vida.

Para mais direcionamentos clique aqui!!!

Espero que esse artigo seja útil, e promova uma real melhoria a cada um!

Nádima Schneider

Rate this post