Início Outros O que é amigo espiritual? – conheça mais sobre essa conexão entre...

O que é amigo espiritual? – conheça mais sobre essa conexão entre duas pessoas!

0
819
amigo espiritual

O amigo espiritual existe na conexão entre nossos anseios mais profundos de experimentar Deus e nosso desejo de nos tornarmos humanos plenamente maduros. Em nossa cultura altamente orientada e cognitiva – nosso ser interior anseia por amizade e conexão, com Deus e com outras pessoas que compartilham do mesmo desejo.

Um verdadeiro amigo espiritual nos envolve como iguais, deseja nossos melhores interesses, como desejamos os deles. Amigos espirituais cultivam uma quietude interior de alma e corpo que nos permite estar cientes dos movimentos do Espírito em nossas próprias vidas e igualmente sensíveis aos mesmos movimentos em outras pessoas.

O poder da amizade espiritual

A verdadeira amizade espiritual pode se relacionar a todos os caminhos religiosos, porém é uma resposta ao atraente poder amoroso do Pai, Filho e Espírito Santo. É uma resposta ao convite de Jesus para sermos seus amigos e, no processo, darmos nossas próprias vidas uns pelos outros.

A prática da amizade espiritual é um crescimento ao longo da vida em ouvir e conversar. Por meio da oração pessoal, contemplativa e imaginativa regular, nutrimos nossa amizade com os nossos ícones religiosos e desenvolvemos a sensibilidade e a consciência da presença e do mover de Deus em nossa vida.

Faça uma consulta com os melhores esotéricos e tenha orientações assertivas e esclarecedoras para sua vida.

Como viver com um amigo espiritual?

Compartilhamos essa jornada em conversas regulares com um amigo espiritual e ouvimos com transparência nossa jornada compartilhada com Jesus.

À medida que aprendemos e crescemos juntos em nossa experiência de Jesus, outros podem ser atraídos a nós, para que os escutemos da mesma forma que você experimentou junto com seus amigos.

A amizade espiritual nos convida a exercer responsabilidade e iniciativa pessoal:

  • Para oração e reflexão usando quaisquer práticas que funcionem para nós.
  • Para desenvolver e nutrir um amigo espiritual regular para o crescimento e integridade de nossa jornada espiritual.
  • Estar disponível a tempo e tranquilidade para aqueles que vêm para receber orientação e aconselhamento.
  • Aprender novas formas de orar, ouvir e se envolver com as almas de quem cruza nosso caminho.

Pontos de referência

Uma amizade espiritual gratificante e sustentada requer que esses momentos se tornem mais do que meras transações. Em vez disso, podem ser pontos de referência na jornada da vida. Eles marcam o caminho, para que da próxima vez que estivermos juntos possamos retornar a essas ideias como o ponto de partida para uma conversa contínua. Uma amizade contínua que nutre a alma – a verdadeira amizade espiritual – acabará incluindo nossos lugares quebrados, os lugares onde descobrimos que precisamos da ajuda de Deus e de alguns amigos, não importa o quão poderosos e no controle estejamos acostumados a ser. A amizade pode até começar a partir desse rompimento. Em qualquer dos casos, é aqui que também descobrimos o poder de receber e não apenas de dar.

Esse receber e dar aponta para outra característica importante da amizade espiritual: mutualidade em vez de dominação e submissão.

Essa reciprocidade vai contra a crença comum de que nossa identidade e valor dependem de nosso desempenho. Para muitos de nós, essa crença sobre a identidade é o que cria a pressão interna para produzir e realizar, mas também nos leva a temer que nossos amigos pensem menos de nós se falharmos. Pior de tudo, geralmente nos leva a pensar e sentir que Deus responderá da mesma maneira.

Amigo espiritual: liberdade e nutrição

As amizades que nutrem nossa alma devem buscar uma fonte de energia diferente do desempenho. Eles começam com nossa própria vida reflexiva em momentos de reflexão silenciosa e oração. Eles exigem um compromisso com o tempo e a energia necessários para estarmos verdadeiramente presentes uns aos outros – por nenhuma outra razão a não ser ouvir os ritmos da obra de Deus em nossas vidas.

Talvez a verdade mais importante que reafirmamos nesses momentos é que somos as filhas e filhos amados de Deus. Esse amor é o que pode criar uma atmosfera de confiança, baseada na confidencialidade e na segurança, de que temos o melhor interesse um do outro no coração.

Nessa liberdade, podemos compartilhar as lutas mais sombrias e os medos mais profundos – e encontrar a graça na presença de Deus encarnada na pele e nos ossos de nossos amigos. Jesus expressou seu amor por nós da mesma maneira – em pele e osso.

Escolha seu consultor e prepare-se para uma experiência inesquecível!

Rate this post