Início Outros Quais os principais símbolos do sagrado feminino?

Quais os principais símbolos do sagrado feminino?

0
495
símbolos sagrado feminino

Os principais símbolos do sagrado feminino podem ser observados pelas mulheres que foram despertas. Para isso, é fundamental entender o que significa esse conceito e de que forma podemos nos trabalhar para atingir essa evolução.

O que é o sagrado feminino?

O caminho do Sagrado Feminino pressupõe que “o Céu desce à Terra”, o espírito brilha através da matéria. Matéria e Mãe derivam ambas do latim mater: a matéria, o corpo, é nossa mãe fundamental. Com ele temos que nos reconciliar, para reconstruir um relacionamento positivo e amoroso; habitar o corpo é poder sentir novamente, desejar; é abraçar a legitimidade de expressar nossos anseios ou raiva, é assumir a responsabilidade de nos reconstruirmos a cada novo ciclo, abertas à vida, confiando cada vez mais em seu mistério e amor por meio de símbolos do sagrado feminino.

Independentemente da tradição que adotamos para aprender e trabalhar com o Sagrado Feminino, o processo sempre envolve sentir e retornar ao corpo – só então a divisão espírito-matéria pode ser curada novamente. Precisamos sentir em nossa voz de forma verdadeira – só então a divisão entre a cabeça (mente) e os instintos (corpo) poderão ser curados. Os símbolos do sagrado feminino reconciliam em nosso corpo e alma todos os paradoxos e os levam para o corpo. E isso pode nos devolver a nossa energia, vitalidade, amor e podemos nos sentir em casa, dentro de nós mesmas, realmente confiando no sustento da vida.

Resgate e cura

Entender os símbolos do sagrado feminino envolve a cura de nossas feridas e esta cura representa o resgate de partes de nossa alma que podemos ter deixado no caminho da vida, em traumas, doenças, acidentes ou perdas. Independentemente da tradição que adotamos, a medida de verdade que assumimos no Sagrado Feminino nos é dada por nosso grau de auto-reverência, fidelidade a nós mesmos, a capacidade de receber o mistério de cada momento e de conter em nosso corpo e alma a força sedutora da Deusa, apaixonada por si mesma e a bênção de ser a eternidade no corpo de uma mulher!

O Sagrado Feminino enraíza-se no Feminino Consciente e isso se resume, como ensino, nos 4 P`s: Paradoxo, Processo, Presença e Prazer. 

Símbolos do Sagrado Feminino

Chalice Well

O Chalice Well é uma fonte de água rica em óxido de ferro (daí a cor vermelhada), há muito tempo acredita-se que tem propriedades curativas milagrosas, mesmo sendo a essência da vida, um presente da Mãe Terra. O poço produz 25.000 galões (ou 113.652 litros) por dia, nunca seca e a água é naturalmente radioativa.

A tampa do poço foi projetada pelo arquiteto, arqueólogo e pesquisador psíquico Frederick Bligh Bond (1864-1945) e apresentada como um presente em 1919. Seus dois círculos de raio igual formam um símbolo de vesica piscis (bexiga de peixe), um símbolo antigo e frequente sinal associado com a deusa Vênus, a mulher e, mais tarde, o Cristianismo. Também pode representar um portal entre dois mundos. A forma de vesica piscis é repetida na piscina de vesica do jardim, para a qual a água flui de sete tigelas.

Vesica Piscis

E o fato de que este é o poder puro das mulheres é muito forte quando olhamos para as Antigas Igrejas Celtas na Irlanda. Lá você pode encontrar esculturas da Sheela Na Gig (muitas dessas esculturas foram destruídas). Mas também estatuetas da Deusa Ísis-Afrodite, todas as suas proporções são baseadas na Vesica Piscis.

O centro da vesica piscis também se parece muito com uma vulva. Em sânscrito (uma língua primitiva centenária com uma carga de alta energia), vulva significa “Yoni”. Quando você traduzir Yoni, você receberá a “passagem sagrada”. No sentido de uma passagem da alma ao mundo material.

Yoni

Yoni é uma palavra sânscrita que significa ‘fonte’ ou ‘espaço sagrado’. O espaço a que se refere são os genitais e os órgãos reprodutivos de uma mulher. Mas não se refere apenas à anatomia, Yoni é uma palavra que também engloba a energia e o potencial de sabedoria, vida e poder que vem deste espaço.

Então, embora possa haver muitas conotações para essa palavra, ela tem um significado holístico que dá a esta parte importante do corpo de uma mulher grande importância.

Triângulo invertido

O símbolo alquímico mágico da água é um triângulo invertido, simbolizando o fluxo descendente. O triângulo apontando para baixo é um antigo símbolo da feminilidade, sendo uma representação da genitália feminina. Um dos quatro elementos alquímicos, a água tem as propriedades fria e úmida e simboliza a intuição, a mente inconsciente e as forças envolventes e geradoras do útero.